Coritiba espera por Galdezani, de volta ao Mirassol, para renegociar dívida

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Thiago RIbeiro/AGIF

    Galdezani pelo Coritiba: dívida pode complicar sequência do contrato com o Alviverde

    Galdezani pelo Coritiba: dívida pode complicar sequência do contrato com o Alviverde

O meia Matheus Galdezani foi registrado pelo Mirassol no BID (Boletim Informativo Diário) no primeiro dia de 2018 e, com isso, está oficialmente de volta a equipe paulista, de onde foi contratado em 2017. Entretanto, com um contrato de compra e venda com o Coritiba, o jogador é esperado no dia 3, quarta-feira, para se reapresentar com o restante do elenco.

O Coxa assumiu a compra de 50% dos direitos do jogador em meio ao campeonato brasileira e pagou apenas uma parte do montante antes do fim do contrato de empréstimo. Desta forma, com o contrato vencido em 31 de dezembro, o time do interior de São Paulo refez o contrato original e agora os clubes deverão sentar para renegociar o valor que falta.

Reprodução
Registro no BID pelo Mirassol no primeiro dia de 2018

O compromisso de compra foi assumido pela gestão de Rogério Bacellar e agora caberá a nova diretoria, capitaneada por Samir Namur, resolver a questão. O Coxa assinou uma dívida de aproximadamente R$ 3 milhões pelos 50% dos direitos. O Santos chegou a demonstrar interesse no atleta e de assumir a dívida do Alviverde, mas a derrota de Modesto Roma nas eleições santistas esfriou o negócio.

Procurado pela reportagem, o Coritiba disse que aguarda normalmente a reapresentação do jogador junto com o restante do elenco para 2018. Se isso ocorrer, haverá um novo registro no BID. O UOL Esporte também tentou contato com os dirigentes do Mirassol, que estavam inacessíveis por conta do feriado de Ano Novo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos