Lesionado e dispensado: Marquinho terá tratamento especial no Flu

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

    Jogador foi incluído na barca de oito nomes do Tricolor

    Jogador foi incluído na barca de oito nomes do Tricolor

No dia 6 de dezembro de 2009, o meia Marquinho entrou para a história do Fluminense. Não foi uma volta olímpica, mas o gol que marcou naquela tarde valeu como um título. Com o 1 a 1 diante do Coritiba, o Flu escapou de um rebaixamente que era praticamente certo.

Pouco mais de oito anos depois, o jogador deixa o posto de herói para o de descartável. Um dos oito dispensados pelo Flu, o jogador ainda se recupera de uma grave lesão no joelho. Dada a sua condição, o jogador terá um "tratamento diferenciado" na hora da negociação da rescisão. Como o jogador se lesionou durante a atividade do seu trabalho, o Flu se cerca de cuidados para evitar um desdobramento jurídico neste caso específico.

"A situação do Marquinho é totalmente diferente, ele ainda vai ficar um tempo parado e está de licença médica", disse ao UOL Esporte Marcus Vinicius Freire, CEO do Flu.

O jogador foi um dos mais revoltados com a notícia, que considerou uma falta de respeito com a sua trajetória de 199 jogos, 21 gols e os título do Brasileiro de 2010. Magoado com o ex-clube, o camisa 77 pretende jogar duro na negociação.

"O caso deu algum ruído por causa dessa coragem e transparência que tivemos. Passou a impressão que não foi planejado, mas foi planejado", assegurou Freire.

A partir da próxima semana, o Fluminense chamará os dispensados para iniciar uma negociação. O clube monta uma operação para quitar tudo até março, mas tentará acordos amigáveis com os oito jogadores, o que é bem improvável, já que o Flu acenará com valores menores que a dívida mas com promessa de pagamento mais rápido.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos