Histórico e falta de dinheiro. Inter descarta reforço de peso em 2018

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Alexandre Lops/AI Inter

    Negócio por Diego Forlán engorda histórico que não recomenda reforço 'de peso' no Inter

    Negócio por Diego Forlán engorda histórico que não recomenda reforço 'de peso' no Inter

Esqueça aquele nome de impacto, o reforço que gera grande repercussão. O Internacional de 2018 vai passar longe desse tipo de negócio por dois motivos. O primeiro é a falta de dinheiro para investir pesado no mercado da bola e o outro é o histórico recente do clube. Todas as chegadas badaladas dos últimos anos não deram retorno e ainda deixaram dívidas e, na visão da atual direção, precisam ser evitadas.

O plano no Beira-Rio é buscar atletas que tenham acumulado boa performance nos últimos anos. A maioria com potencial de revenda e custo baixo ou condição negocial acessível.

A visão foi exposta claramente na reapresentação do elenco principal e fecha com as ações do clube no mercado, até aqui. Dos cinco nomes anunciados, todos fogem do 'nome que lota aeroporto' e comungam do status de aposta.

"A gente não trabalha com esse conceito de grande nome. A gente trabalha para contratar um grande jogador. E que esteja com grande performance nos últimos anos. Não procuramos nomes de impacto. É só fazer análise dos últimos anos e ver... os grandes nomes não nos deram retorno e deixaram um saldo bem negativo no nosso orçamento", disse Roberto Melo, vice de futebol do Inter.

Gringos chegaram com pompa e viraram frustrações

Dois casos são emblemáticos: Diego Forlán e Ignacio Scocco. Ambos chegaram ao Inter com status de contratação impactante e tiveram desempenho abaixo do esperado. Os dois deixaram o clube antes do previsto e de maneira frustrante. A dupla botou o clube na Justiça e obrigou os dirigentes a fechar acordo para quitação de dívidas.

"Agora a gente começa a buscar nomes que sejam diferencial. Não quer dizer que são nomes renomados. Fica fácil fazer isso, mas a maioria dos atletas de renome que chegaram ao clube não deram resposta. Vamos procurar um jogador diferente, que traga algo a mais para o nosso elenco", comentou Melo.

Até aqui, o Internacional anunciou cinco reforços. Ruan, lateral direito ex-Boa Esporte, Dudu, lateral direito egresso do Figueirense; Gabriel Dias, volante ex-Palmeiras e Paraná, Patrick, volante ex-Sport e Roger, ex-centroavante do Botafogo. Wellington Silva, atacante, será anunciado em negócio por empréstimo junto ao Fluminense até o final da semana. O Colorado busca pelo menos mais um zagueiro, volante e meia-atacante.

A estreia do time comandado por Odair Hellmann será em 18 de janeiro, contra o Veranópolis, na primeira rodada do Campeonato Gaúcho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos