Zé Roberto "reestreia" na Lusa com tietagem, boa forma e pedido para ficar

Gabriel Carneiro

Do UOL, em São Paulo

  • Gabriel Carneiro/UOL Esporte

    Ex-jogador atuou os 90 minutos da vitória da Lusa paulista sobre a paranaense

    Ex-jogador atuou os 90 minutos da vitória da Lusa paulista sobre a paranaense

Aos 43 anos, o ex-jogador Zé Roberto iniciou na noite desta quinta-feira a disputa da Copa Rubro-verde, que marca sua provável despedida do futebol, no estádio do Canindé. Com a camisa da Portuguesa, clube onde foi revelado, o atual assessor técnico da diretoria do Palmeiras foi camisa 11, titular e capitão da Lusa na vitória por 2 a 0 contra a Portuguesa Londrinense - o torneio ainda reúne Portuguesa Santista e Portuguesa-RJ, que será a finalista contra o time paulista no próximo domingo.

Zé Roberto começou como segundo volante porque, segundo o técnico Guilherme Alves, "ele tem que jogar onde se sente bem". Pouco mais de um mês depois de fazer seus últimos jogos oficiais pelo Palmeiras, o veterano teve bom comportamento e criou situações de gol para a Portuguesa, que se prepara para disputar a Série A2 do Campeonato Paulista. Em um dos lances, roubou a bola na meia-lua defensiva e deixou Luizinho em boa condição, mas o chute foi para fora.
 
Além de responsável pelas bolas paradas, Zé Roberto também deu dinâmica à criação de jogadas da Lusa e ficou em campo o tempo inteiro, enquanto todos os outros jogadores foram substituídos. Nas arquibancadas, obviamente, ele foi o nome mais exaltado pela torcida, especialmente quando ia cobrar escanteio próximo aos torcedores. Dentro de campo a tietagem não foi diferente: o ex-jogador posou para fotos e distribuiu autógrafos aos jogadores do time paranaense.
 
Gabriel Carneiro/UOL Esporte
Zé Roberto atuou como segundo volante e armador
 
Antes de a bola rolar, o capitão da Portuguesa recebeu uma cesta de presentes de uma torcida organizada e ao longo do jogo dois pedidos em uníssono: "Fica, Zé Roberto" e "Não é mole não, porco é o c..., Zé Roberto é leão", em referência aos mascotes dos times paulistas. 
 
O clube onde Zé Roberto foi revelado deseja tê-lo em campo na Série A2 do Paulista, que começa dia 17. Hoje empregado pelo Palmeiras em função administrativa, ele ainda não sabe se é possível prolongar a carreira.
 
"Decidi um mês atrás encerrar minha carreira e recebi convite do Palmeiras para exercer uma função a qual já dei início há dois dias. Depende muito do clube, do Palmeiras. Não de mim. Mas quando fala-se de jogar na Portuguesa eu queria ter jogado aqui minha carreira toda, mas o futebol nos abre portas, proporciona sonhar. Mas hoje me sinto um cara privilegiado, feliz em voltar a vestir essa camisa. É o que vai ficar marcado para sempre", discursa o ex-jogador. Ou não.
 
Os gols da Portuguesa foram marcados por Gian e Raul.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos