São Paulo compra direitos de Régis e passa ao Bahia em negócio por Jean

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Foto: Bahia/ divulgação

    Régis ajudou o Bahia a fazer boa campanha no Brasileirão deste ano

    Régis ajudou o Bahia a fazer boa campanha no Brasileirão deste ano

Nesta sexta-feira, o Sport anunciou a venda de parte dos direitos econômicos do meia Régis ao São Paulo. O Tricolor, que já era dono de 45% do atleta, comprou mais 20% e repassou ao Bahia, que agora detém os direitos federativos do armador. A triangulação faz parte do negócio que tirou o goleiro Jean do clube de Salvador para jogar no Morumbi.

Para adquirir mais uma fatia dos direitos de Régis, o São Paulo usou os valores que tinha a receber do Sport pela venda do atacante Rogério. Os paulistas cogitavam usar essa mesma dívida nas conversas por Diego Souza, que exigem maior investimento. Régis, hoje com 25 anos, foi criado em Cotia, mas nunca teve espaço no elenco do Tricolor Paulista.

O Sport até desejava contar com o meia, a pedido do recém-chegado técnico Nelsinho Baptista, mas o São Paulo tinha compromisso com o Bahia, onde Régis é bem cotado pelo treinador Guto Ferreira. Para o negócio sair, o bom trânsito do empresário Paulo Pitombeira nos três clubes contribuiu. Ele agencia as carreiras de Régis e Jean, por exemplo.

Agora, o São Paulo segue com 45% dos direitos de Régis, contra 35% do Sport e mais 20% do Bahia.

Existe ainda a possibilidade de mais um jogador do São Paulo entrar no negócio por Jean. O Bahia já manifestou o desejo de contar com o zagueiro Iago Maidana, que passou 2016 emprestado ao Paraná Clube. O estafe do defensor analisa a proposta. Se não houver avanço nas tratativas, o Tricolor Paulista completará a transação por Jean somente com dinheiro e avaliará se Maidana pode integrar o elenco principal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos