Contra nova queda para "consagrados", técnico vê PSG pronto e respeitado

Do UOL, em São Paulo

  • Catherine Ivill/Getty Images

    Unai Emery dirige o PSG desde junho de 2016 e busca "novo passo" em 2018

    Unai Emery dirige o PSG desde junho de 2016 e busca "novo passo" em 2018

Pela segunda temporada consecutiva, o Paris Saint-Germain desafiará um gigante espanhol na primeira fase eliminatória da Liga dos Campeões da Europa. Eliminado pelo Barcelona em 2016/2017, a equipe francesa agora enfrenta o Real Madrid nos dias 14 de fevereiro e 6 de março de 2018. De acordo com o técnico Unai Emery, que concedeu longa entrevista ao diário "Marca", há uma diferença básica entre os dois momentos do PSG: hoje o clube é mais respeitado como potência continental, o que evitaria uma atuação "tendenciosa" da arbitragem, como ele considera ter havido contra o Barça.

"Temos que dividir aquela decisão em duas partes: no primeiro jogo goleamos um time vencedor como o Barça. E em Camp Nou não conseguimos responder contra esse mesmo time. Mas é verdade que existe uma terceira variável que escapa de nossas mãos: a arbitragem. Os árbitros, diante de equipes já consagradas, têm um certo respeito maior. É inconsciente, mas existe. E com um ano isso melhorou no nosso caso. Temos maior capacidade de resposta contra times ganhadores como Barcelona ou Real Madrid e têm maior respeito futebolístico europeu e mundial por nós. Meu clube está mais preparado para dar outro passo. Melhor preparado do que contra o Barça há um ano", discursa Emery, que já convive com a expectativa do desafio contra o Real.

"Me perguntam se sinto pressão, mas eu não trabalho com esse conceito. Falo da exigência e da responsabilidade de nos prepararmos e sermos o melhor possível para essas duas partidas. Estaremos no centro do futebol mundial e vivo isso com paixão, como sempre foi em minha carreira. Quero que chegue logo a partida, para mostrar a que vem o PSG. Tenho vontade de jogar, aproveitar e de ganhar. Mas sem pressão", conta o espanhol.

O PSG encerrou a fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa com 15 pontos, em cinco vitórias e somente uma derrota, além de 25 gols marcados e apenas quatro sofridos. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos