Barça gastou R$1,4 bi a mais que Real em 3 anos, diz levantamento de jornal

Do UOL, em São Paulo

  • Barcelona/Reprodução

    Só Coutinho custou 160 milhões de euros ao Barcelona

    Só Coutinho custou 160 milhões de euros ao Barcelona

Os 160 milhões de euros gastos na contratação de Philippe Coutinho marcaram de vez uma inversão na estratégia dos dois principais clubes do futebol espanhol. Segundo levantamento publicado pelo jornal "AS" neste domingo, o Barcelona gastou 366,35 milhões de euros (cerca de R$ 1,4 bilhão) a mais do que o Real Madrid em contratações nos últimos três anos.

Só nesta temporada, o clube reconhecido antes pela preferência em apostas em jogadores da base gastou 392,5 milhões de euros no mercado, estimulado pelos 222 milhões de euros recebidos pela venda de Neymar ao PSG. Chegaram desde julho de 2017 Coutinho (160 milhões de euros), Dembelé (145 milhões de euros), Paulinho (40 milhões de euros), Semedo (30,5 milhões de euros), Deulofeu (12 milhões) e Marlon (5 milhões).

O levantamento do "AS" mostra que, no mesmo período, o Real Madrid só investiu 26 milhões de euros em Theo Hernandez e Dani Ceballos, se afastando da fama de gastador no mercado. Nem mesmo as últimas duas temporadas foram diferentes, com o time desembolsando ao todo nos três anos 194,9 milhões de euros em dez jogadores.

No mesmo período, ao todo, o Barcelona gastou 561,25 milhões de euros para contratar 13 jogadores, sendo que em vendas arrecadou 298,1 milhões de euros em três anos. Já o Real Madrid conseguiu, segundo o levantamento, o valor de 195,15 milhões de euros em vendas de atletas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos