De novo na Flórida: o que Carille espera da pré-temporada do Corinthians

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

    Fábio Carille vê com bons olhos os duelos com times europeus nos Estados Unidos

    Fábio Carille vê com bons olhos os duelos com times europeus nos Estados Unidos

O Corinthians dará início a mais uma pré-temporada nos Estados Unidos nesta segunda-feira - pelo quarto ano consecutivo, o time alvinegro disputará a Florida Cup no país. A apenas dez dias da estreia da equipe no Campeonato Paulista, o técnico Fábio Carille espera definir o padrão tático do campeão brasileiro durante o torneio, assim como medir o estágio físico dos jogadores.

Nos primeiros dias de trabalho no CT Joaquim Grava, em São Paulo, Carille colocou em prática uma 'evolução' do esquema usado na temporada 2017 ao escalar o time titular no 4-1-4-1. A ideia é amadurecer essa escolha nos dois jogos da competição e nos quatro treinos que serão realizados na Flórida.

"O mais importante neste momento é o entendimento entre comissão e o elenco todo, para definir essa ideia de jogo", disse Carille em entrevista concedida no último sábado.

"Tenho treinado bastante isso, porque é algo novo. O 4-2-3-1 já está mais definido, os jogadores já têm uma ideia melhor. Vamos ver a resposta, vou usar os jogos nos Estados Unidos para observações, o momento é para isso. Vamos ver a resposta que o elenco vai dar agora", completou o treinador.

Outro ponto positivo citado pelo treinador é o confronto com equipes europeias que estão no meio da temporada no continente, casos, nesse ano, de PSV Eindhoven, líder do Campeonato Holandês depois de 18 jogos disputados, e Glasgow Rangers, terceiro colocado no Escocês após 22 rodadas. 

"Algo que foi importante das outras vezes em que fomos aos Estados Unidos foi que pegamos adversários difíceis. O PSV vai estar à frente fisicamente, depois o Rangers também. E é aí que a gente vê nossas dificuldades e acerta a equipe o quanto antes", explicou Carille.

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Jogadores do Corinthians se reapresentaram no último dia 3, no CT Joaquim Grava

Nas edições 2015 e 2016, quando o treinador era auxiliar de Tite, o Corinthians enfrentou dois times alemães, o Colônia e o Bayer Leverkusen (em 2015), além do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia (em 2016) - o Atlético-MG também foi um dos adversários. No ano passado, já com Carille no comando, o time alvinegro mediu forças com Vasco e São Paulo.

O Corinthians ficará na Flórida até o dia 13. A viagem de retorno ao Brasil acontecerá logo após a partida contra o Rangers. No dia 17, o atual campeão paulista inicia o estadual diante da Ponte Preta, no Pacaembu.

Por causa do calendário apertado, Carille planeja rodar mais o elenco nos primeiros jogos oficiais da temporada. O grupo corintiano que viajou aos Estados Unidos tem 32 atletas. O volante Paulo Roberto e o zagueiro Yago ficaram no Brasil para reequilíbrio muscular, enquanto o goleiro Walter e o defensor Vilson se recuperam de lesão.

"Este será um ano em que usaremos muito o grupo, mais do que os outros. Se chegarmos nas finais do Paulista, serão mais de 40 jogos até a parada da Copa. O que mais busco neste momento é o entendimento de todos", frisou o comandante.

A estreia do Corinthians na Florida Cup será na próxima quarta, em Orlando, contra o PSV. O time brasileiro fará dois treinos antes do primeiro confronto de 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos