Cláusula que tirou Hernanes do SP também existia no contrato de W. Nem

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

O ano começou com uma surpresa desagradável para a torcida do São Paulo. O contrato de empréstimo de Hernanes tinha uma cláusula que permitia ao Hebei China Fortune exigir seu retorno imediato em janeiro, na metade da cessão ao Tricolor. Embora surpreendente no caso do Profeta, esse tipo de cláusula é comum em empréstimos envolvendo jogador de valor mais alto, tanto é que também estava presente no contrato de Wellington Nem. O Shakhtar Donestk também podia pedir o retorno do atacante após seis meses, mas o rendimento baixo no São Paulo não atraiu os ucranianos.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos