O que o Boca Juniors ganha com a transferência de Pratto para o River Plate

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Chiri/saopaulofc.net

    Lucas Pratto comemora após marcar gol pelo São Paulo no ano passado

    Lucas Pratto comemora após marcar gol pelo São Paulo no ano passado

Por incrível que pareça, a torcida do Boca Juniors tem um motivo para comemorar ao ver o arquirrival River Plate se reforçando com Lucas Pratto. Isso porque o centroavante jogou nas categorias de base dos xeneizes, o que deve render R$ 693.796,91 ao clube.

Esse dinheiro vem da cláusula de solidariedade da Fifa, que destina parte do valor da venda de um jogador a seus clubes formadores. Assim, quem trabalhou com o atleta dos 12 aos 15 anos ganha 0,25% do valor total da transferência por temporada. Além disso, que trabalhou com o atleta dos 16 aos 23 anos ganha 0,5% do valor total da transferência por temporada.

De acordo com o jornal uruguaio "Ovación", Pratto esteve no Boca dos 16 aos 21 anos de idade, totalizando três temporadas e meia no clube. Assim, os xeneizes vão receber 1,75% dos 11,5 milhões de euros (pouco mais de R$ 38,9 milhões) pagos pelo River Plate por sua compra, o que equivale a R$ 693.796,91.

Os outros clubes beneficiados pela cláusula de solidariedade da Fifa na transação de Pratto são o Defensores de Cambaceres, o Tigre, o Lyon Oslo, o Unión e a Universidad Católica.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos