Presidente do Boca abre as portas para eventual retorno de Centurión

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Boca Juniors/Imprensa

    Centurion recebeu o aval para procurar o Boca Juniors, pensando em um possível retorno

    Centurion recebeu o aval para procurar o Boca Juniors, pensando em um possível retorno

Outro jogador se tornou pauta na primeira entrevista de Carlitos Tevez como novo reforço do Boca Juniors para a temporada. O presidente do clube argentino, Daniel Angelici, simplesmente abriu as portas para conversar com Ricardo Centurión sobre uma possível volta ao clube, depois de uma saída conturbada pelo mau comportamento na equipe da capital argentina.

"Poderia sentar para tomar um café, uma água ou um refrigerante com ele. Se me chama, estou em Buenos Aires, na pré-temporada, e sentarei para escuta-lo. Primeiro tenho que falar com ele. É um bom jogador, mas houve coisas que os dirigentes não gostaram", afirmou o dirigente.

Durante a passagem pelo Boca Juniors, Centurión foi denunciado por violência doméstica pela ex-namorada Melisa Tozzi. Além disso, sofreu um acidente de automóvel em Avellaneda e ainda participou de uma briga em uma boate de Lanús.

Estes acontecimentos resultaram em uma rejeição por parte da diretoria do Boca Juniors. Em dezembro, por exemplo, Angelici descartou qualquer chance de retorno do atacante pelo comportamento demonstrado fora das quatro linhas, embora Centurión tenha se destacado com a camisa xeneize.

Agora, o tom adotado pelo dirigente foi mais conciliador, justamente após o atual atleta do Genoa-ITA postar mensagens com elogios ao clube e aos torcedores. Centurión, de acordo com a imprensa argentina um pedido do técnico Guillermo Barros Schelotto, não esconde o desejo de voltar ao Boca Juniors.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos