Grêmio encaminha rescisão de contrato e Arroyo deixa o clube com 7 jogos

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação Grêmio

    Meia-atacante Michael Arroyo durante treino físico no primeiro dia de Grêmio

    Meia-atacante Michael Arroyo durante treino físico no primeiro dia de Grêmio

Após reunião com o empresário Jose Chamorro, o Grêmio encaminhou rescisão de contrato com o meia equatoriano Michael Arroyo, de 30 anos. O jogador deixa o clube com apenas sete jogos. 

No período, não marcou um gol sequer. Arroyo alegou mau ambiente junto à torcida, que teria hostilizado sua família nas redes sociais. Por isso, pediu para deixar o clube e foi prontamente atendido. 

Já no ano passado o técnico Renato Gaúcho não encontrava no jogador razões para insistir. Aparentemente sem o empenho necessário, ele já foi afastado até do time suplente no fim do ano e não esteve com a delegação no Mundial de Clubes. 

Contratado como substituto de Pedro Rocha, que foi ao Spartak Moscou, da Rússia, ele decepcionou. Agora, não tem clube definido, apenas rescindirá seu vínculo com o clube gremista. 

Com 30 anos, Arroyo tem carreira marcada por passagens pelo futebol mexicano e de seu país. No ano passado, inclusive, voltou a ser chamado pela seleção do Equador. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos