Topo

Futebol


Messi pediu para não mandar vídeos durante luta contra câncer, diz Abidal

LLUIS GENE/AFP
Abidal em seu jogo de despedida do Barcelona, realizado em 2013 Imagem: LLUIS GENE/AFP

Do UOL, em São Paulo

10/01/2018 11h35

Recuperado de câncer no fígado em 2011, Eric Abidal citou caso em que Lionel Messi pediu para que ele parasse de enviar vídeos para os jogadores durante sua recuperação. Segundo o francês, o argentino afirmou que as imagens faziam mal para o grupo.

"Alguns deles me viram muito magro. Eu fiz um vídeo para os jogadores antes de um jogo para animá-los. Você sabe o que Messi me disse? 'Não nos envie mais coisas assim, que nos faz mal'. Eu não me via assim, eu me via bem e dizia 'ânimo, rapazes', mas eles me disseram que me viram como um cadáver e que isso os deixou mal", disse Abidal, em entrevista à emissora francesa "Canal+".

Thierry Henry, por outro lado, foi um dos apoiadores de Abidal e foi visitá-lo no hospital mesmo quando já jogava pelo New York Red Bulls, dos Estados Unidos.

"Quando eu vi Titi, chorei como um menino. Não queria que ele me visse daquele jeito, mas gostei que ele foi até mim me ver", declarou.

Abidal contou que sofreu muito com dores durante o tratamento do câncer.

"Eu tenho essa dor gravada para a vida. Era insuportável, era como uma faca. Quando o médico me disse que eu deveria operar de novo, fiquei feliz. Foi um sofrimento que não desejo para ninguém", narrou.

Mais Futebol