Com Coutinho na torcida, Barcelona goleia Celta e avança na Copa do Rei

Do UOL, em São Paulo

  • David Ramos/Getty Images

    Jogadores do Barcelona comemoram o gol de Jordi Alba contra o Celta

    Jogadores do Barcelona comemoram o gol de Jordi Alba contra o Celta

Sob olhar atento do reforço mais caro de sua história, o meia-atacante brasileiro Philippe Coutinho, que assistiu à partida das tribunas, o Barcelona precisou de apenas meia hora de partida para golear o Celta por 5 a 0, nesta quinta-feira (11), no Camp Nou, e avançou às quartas de final da Copa do Rei.

No duelo de ida, pelas oitavas do torneio, as equipes empataram em 1 a 1, na cidade de Vigo.

Com quase todos os titulares à disposição, o Barça teve domínio total da partida. Lionel Messi deu início ao baile, com gols aos 12 e 14 minutos do primeiro tempo. Aos 27, foi a vez de Jordi Alba ampliar. Luís Suárez, aos 30, definiu o placar do intervalo. Nos instantes finais do jogo, Rakitic fechou a goleada.

O próximo compromisso do Barcelona será pelo Campeonato Espanhol. Líder com 48 pontos, a equipe catalã enfrentará a Real Sociedad, neste domingo, fora de casa.

Coutinho na torcida

Apresentado pelo Barça na última segunda-feira, mas ainda sem condições de jogo por conta de uma lesão muscular na coxa direita, Philippe Coutinho compareceu ao Camp Nou para assistir aos novos companheiros em ação. O brasileiro, que teve a chegada no estádio registrada pelos canais do clube nas redes sociais, viu o jogo de uma tribuna, acompanhado por funcionários do clube catalão.

Flagrado poucas vezes pela TV durante a transmissão, Coutinho abriu um largo sorriso após o segundo gol catalão, anotado por Lionel Messi.

Força quase total

AFP PHOTO / LLUIS GENE
Dembélé substitui Messi no segundo tempo

Ao contrário do rival Real Madrid, que na última quarta-feira escalou apenas reservas na Copa do Rei e passou sufoco contra o Numancia, da segunda divisão, o Barcelona contou com a maior parte de seus titulares em ação, com Messi e Suárez no comando de ataque.

Entre os poucos reservas que ganharam chance de iniciar jogando contra o Celta está o goleiro holandês Cillessen, que substituiu o alemão Ter Stegen. Ele tem sido a opção para a posição do treinador Ernesto Valverde para a competição.

No intervalo, o técnico sacou Piqué e colocou Vermaelen na defesa. Aos 13 minutos, foi a vez de Messi descansar mais cedo, dando lugar a Dembélé. Logo depois, Iniesta foi substituído por Arnaiz.

Parceria afinada

AFP PHOTO / LLUIS GENE

De Alba para Messi, ou de Messi para Alba, a parceria entre os jogadores mostrou eficiência mais uma vez nesta temporada. Os dois primeiros gols do Barça, anotados pelo atacante argentino, saíram após cruzamentos do lateral-esquerdo espanhol, que marcou o terceiro do Barça após lançamento primoroso de Messi nas costas da zaga do Celta.

Nove gols do Barcelona na temporada 2017-18 saíram após trocas de passes entre os dois jogadores. Foram sete tentos de Messi com assistência de Jordi, e dois do lateral com colaboração direta do camisa 10.

Entregada inacreditável

REUTERS/Albert Gea

A melhor chance criada pelo Celta no primeiro tempo originou o quarto gol do Barcelona. Após uma intensa disputa de bola na entrada da área, o meia Sisto recuperou a posse e tentou recuar para o goleiro Sergio Álvarez, mas ele não percebeu a chegada de Luís Suárez. O atacante uruguaio aproveitou a bobeada do rival e consolidou a goleada.

Despedida?

No mesmo dia em que o jornal catalão "Sport" destacou que o Barça aceitou a proposta do Hebei Fortune, da China, por Javier Mascherano, o argentino formou a defesa titular com Pique contra o Celta e atuou os 90 minutos.

Segundo a publicação, os asiáticos pagarão 10 milhões de euros (cerca de R$ 33,8 milhões) pelo negócio. O Barça ainda não confirmou a transferência, embora a chegada do zagueiro colombiano Yerry Mina, ex-Palmeiras, é vista como consequência à saída do volante.

Noite de protesto

REUTERS/Albert Gea

Ainda no primeiro tempo, cerca de 20 mil faixas foram exibidas nas arquibancadas do Camp Nou com a palavra "Liberdade" escrita em dois idiomas, catalão e inglês. Foi um protesto organizado contra a prisão de integrantes do movimento separatista da Catalunha, que tenta se separar politicamente da Espanha. O estádio é palco constante de manifestações favoráveis à emancipação catalã.

Segundo tempo burocrático

Com vantagem de 5 a 1 no placar agregado, o Barcelona descansou titulares e diminuiu o ritmo no segundo tempo. Visivelmente conformado com a eliminação na Copa do Rei, o Celta fez o mínimo para tentar apenas tentar anotar um gol de honra, e nem isso conseguiu.

Ainda que esse não fosse o objetivo naquele momento, o Barça ainda anotou o quinto, aos 41 minutos, com Rakitic de cabeça, após escanteio batido por Dembélé.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos