Chuva inspira Toró, e SP vence Chape em jogo interrompido por falta de luz

Do UOL, em São Paulo

  • Thiago Calil/AGIF

    Toró comemora gol do São Paulo contra a Chapecoense

    Toró comemora gol do São Paulo contra a Chapecoense

As condições do tempo em Ribeirão Preto eram as ideais para alguém com o apelido de Toró brilhar. Com belos gols anotados no segundo tempo, debaixo de muita chuva, o atacante garantiu a classificação do São Paulo à terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior na vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense, na noite desta quinta-feira, no Estádio Santa Cruz.

Com a vitória, o São Paulo devolve a eliminação sofrida para a Chape na Copinha de 2017, também na segunda fase, na disputa por pênaltis. O adversário tricolor no próximo estágio do torneio será o Botafogo-SP, que nesta quinta-feira venceu a Ponte Preta, por 1 a 0, em Franca.

Jonas Gabriel da Silva Nunes, o Toró, de apenas 18 anos, anotou duas vezes de forma muito parecida contra os catarinenses. Aos 19 minutos do segundo tempo, ele abriu espaço e chutou de fora da área, com efeito, no ângulo esquerdo de Tiepo. Aos 25, o atacante repetiu a técnica, batendo na bola com o lado de fora do pé, para fazer o segundo golaço da partida.

Depois dos lampejos de Toró, quem retomou o protagonismo do jogo foi o mau tempo. Um raio que caiu nas proximidades provocou a queda de energia elétrica no Estádio Santa Cruz, e a partida ficou interrompida por 17 minutos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos