Brant procurou presidentes de clubes e jogadores para evitar desmanche

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Pedro Ivo Almeida/UOL Esporte

Revoltado com as negociações feitas por Eurico Miranda na reta final de seu mandato, o próximo presidente do Vasco Júlio Brant procurou alguns presidentes de clubes do Brasil para pedir bom senso com a situação atual e cancelem qualquer transação de momento. É uma tentativa para evitar um desmanche, principalmente com venda de jovens valores como Mateus Vital e Paulinho.

Vital, inclusive, já está bem avançado com o Corinthians. O apoiador do Vasco já faz exames médicos e tem tudo acertado para se transferir para o atual campeão brasileiro, que não tem qualquer intenção de cancelar o negócio, segundo apuração do UOL Esporte.

Outro jogador que preocupa Júlio Brant é Paulinho. Uma das principais joias do Vasco, está sendo oferecido a empresários para que os mesmos busquem clubes no exterior para realizar uma venda. O mesmo aconteceu com Philippe Coutinho, que acabou vendido para a Inter de Milão após Eurico Miranda perder as eleições para Roberto Dinamite.

"Já falei com alguns jogadores, vou tentar falar com outros. Estamos tentando. O Anderson, por exemplo, estávamos falando desde novembro. Mas se a opção do jogador. Conversei com alguns presidentes de clubes. Mas aí vai de cada um", disse Júlio Brant. "É inadmissível o que está acontecendo. Nunca vi isso antes", completou.

A ideia de Brant é ir ao treino do Vasco nos próximos dias, mas ainda não sabe se terá acesso ao centro de treinamento. O objetivo é conversar também com o técnico Zé Ricardo que conta com apoio da nova diretoria após ótimo trabalho desempenhado na última temporada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos