Presidente diz que simulou fala para tentar flagrar manipulação na Copinha

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

    Time do Estanciano na Copa São Paulo de juniores de 2018

    Time do Estanciano na Copa São Paulo de juniores de 2018

Presidente licenciado do Estanciano, Sidney Araújo se manifestou publicamente pela primeira vez desde a acusação de manipulação de resultados na Copa São Paulo. Daniel, atacante do time, afirmou que recebeu ofertas de aliciadores supostamente ligados a empresário chineses.

De acordo com o dirigente, seu envolvimento no caso não passou de um teatro para que fosse apurado um suposto esquema dentro do Estanciano.

"Estou tranquilo, fiz as coisas pensando no clube. Recebi notícias que seria feito um esquema no Estanciano e que teria uma pessoa lá dentro que não era confiável. Fiz tipo um teatro, até dei uma de detetive, mas infelizmente as coisas não deram como a gente queria, mas eu tenho certeza que nestes três jogos não teve nenhuma situação irregular", disse Sidney, em entrevista à emissora "TV Sergipe", afiliada da Rede Globo.

Gravado em conversa sobre a suposta manipulação de resultados, o presidente licenciado afirmou que sabia que o diálogo estava sendo registrado e manteve a versão de que se tratava de um blefe.

"Eu sabia que estava sendo gravado, porque o rapaz falou que estava gravando. Eu não estava em momento nenhum na conversa deles, depois é que peguei o jogador para levar para casa, aí falei com todos os três que no outro dia eu ia conversar. Fui no outro dia, me reunir com o André, o Caio, Daniel, o China, que é diretor de futebol e com Pedrão. Contei a situação para eles, que estava ali buscando a pessoa", afirmou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos