Trio da base vive sonho no time principal e luta por espaço no Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação/Inter

    Ronald (e), Marcinho (c) e Fernandinho (d) em entrevista coletiva no Interancional

    Ronald (e), Marcinho (c) e Fernandinho (d) em entrevista coletiva no Interancional

Entre as caras novas para temporada 2018, o Internacional apresenta três jogadores egressos da base. Marcinho, que no ano passado esteve emprestado ao Brasil de Pelotas, Ronald e Fernandinho. O trio diz viver um sonho na primeira chance de fato no time de cima.

Marcinho foi escolhido entre os mais de 30 que voltaram de empréstimo. Foi o único a ser aproveitado no time principal. Renovou contrato e tem mostrado bom desempenho nos treinamentos. Tem 22 anos e na última temporada agradou.

"Quando eu fui pro Brasil, tomei uma grande decisão. Sabia que poderia mostrar meu trabalho. Graças a Deus fiz uma boa competição e estou muito feliz para jogar. A Série B é bem pegada. Agora estamos nos preparando, o Gauchão, Série A, Copa do Brasil e precisa estar bem preparado", disse. "Estou muito feliz de voltar ao Inter, cada dia estou me enturmando, pegando experiencia e estarei sempre disponível para quando for", completou.

Ronald foi o principal destaque do time Sub-23 no título do Campeonato Brasileiro de Aspirantes. Formado no Inter, ele já teve até uma experiência internacional na carreira, foi cedido por empréstimo em 2015 ao Frenz United, da Malásia. Com 20 anos, ele também espera permanecer de vez no Inter.

"Minha cabeça está focada no Inter. Primeiro eu quero fazer história aqui, neste clube maravilhoso que sempre me apoiou. Daqui a um ano quero estar aqui de novo fazendo a pré-temporada", comentou. "É um sonho para mim também estou muito feliz. Ano passado eu subi, estive com grupo, treinei, fui para jogo, foi muito bom. Hoje estamos aqui, felizes, o privilégio de jogar, estamos bem e espero ter um ano bom e poder ajudar a todos", completou.

Fernandinho também teve oportunidade no time principal no ano passado. Com 20 anos, o jogador era parceiro de Ronald na conquista do Brasileiro de Aspirantes no ano passado.

"Estou feliz no Inter, espero fazer uma boa temporada, quero entrar para história do clube dando meu melhor sempre. Não sei daqui a um ano mas quero é dar meu melhor e ajudar meus companheiros", afirmou. "É um sonho, cheguei no inter em 2010 e só tenho a agradecer pela confiança e pegar experiencia", completou.

O trio tem sido frequente no time reserva do Internacional. Suporte ao principal e espaço para crescer é o que garante o técnico Odair Hellmann nas conversas com os mais jovens.

A temporada de jogos oficiais começa no dia 18, contra o Veranópolis, no Beira-Rio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos