Joia do Grêmio ganha plano para jogar 'olhando para frente' e deslanchar

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Thomás Santos/AGIF

    Jean Pyerre será usado em função mais recuada para ajudar a construir o jogo

    Jean Pyerre será usado em função mais recuada para ajudar a construir o jogo

O Grêmio quer usar Jean Pyerre, 19 anos, de um jeito diferente daquele que se viu em 2017. Após ser promovido e ganhar espaço no elenco principal, o meia será trabalhado para jogar 'de frente para o jogo'. A função não é novidade na curta carreira do jovem, mas é vista como a ideal para que ele consiga atingir um novo nível dentro do Tricolor.

No Tricolor desde os 9 anos, Jean Pyerre iniciou a carreira jogando mais recuado. Nos últimos anos, foi adiantado por conta da técnica apurada. Próximo do gol adversário, ele ganhou notoriedade pelos dribles e até bolas na rede. Mas a posição será revista.

A ideia na Arena é explorar a visão de jogo e a boa técnica de Jean para auxiliar na saída de bola. Recuado, ele poderá atuar olhando para todo o campo e acompanhando a partida de um ângulo que favorece a fase de construção ofensiva.

"O Jean, na base, trabalhou muito nas duas funções. Como segundo volante, terceiro do meio e até último logo atrás do camisa nove. No profissional trabalhou muito como meia flutuante. Trabalhamos para ele jogar como terceiro do meio-campo. Ele gosta muito de atuar ali. Mas depende das características de quem está ali. Ele tem qualidade acima da média. Cabe a nós acharmos o encaixe com quem estiver ao lado dele. Tudo depende das peças em volta dele", disse César Bueno, técnico do time de transição do Grêmio.

A grosso modo, Jean Pyerre deixará de ser usado como meia-atacante para atuar como segundo volante. O Grêmio evitar usar essas definições publicamente para não cair nas armadilhas do lugar comum criadas para as funções. Por exemplo: evitar que passe a mensagem de que sua joia terá a missão de marcar e dar carrinho em detrimento de passes e participação ofensiva.

"Comecei assim, como segundo volante saindo com a bola, lá na base. Com 16 anos eu joguei mais como meia. Como meia eu sempre atuei de forma diferente, como Luan e Lucas Lima. Sempre por trás da bola. Eu não sou um meia que entra muito na área, mas sim um cara que faz o jogo andar", contou o próprio.

Jean Pyerre foi aproveitado pelo Grêmio ao longo do último Brasileirão quando o time titular era preservado para jogos da Copa do Brasil ou Libertadores. Neste início de 2018 ele está no grupo que abrirá a temporada disputando o Campeonato Gaúcho. Ainda no primeiro semestre, ele será incorporado ao elenco principal. E, ao que tudo indica, com nova função.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos