Emprestado pelo SP, zagueiro da Chape terá estreia 'especial' no Estadual

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação

    Douglas está emprestado pelo São Paulo até junho de 2018

    Douglas está emprestado pelo São Paulo até junho de 2018

Residente da cidade de Itajaí (SC), onde vive com a família desde 2013, quando ainda atuava pelo Dnipro, da Ucrânia, o zagueiro Douglas, da Chapecoense (e que está emprestado pelo São Paulo), viverá um momento especial nesta quarta-feira (16), data da estreia da Chape no Campeonato Catarinense 2018, contra o Concórdia, fora de casa, às 20h30.

Titular da Chapecoense, o jogador de 27 anos nascido na cidade de São Paulo jogará pela primeira vez na carreira o Estadual de Santa Catarina, local que adotou como 'casa'. Até aqui, Douglas participou dos Estaduais de Rio de Janeiro, pelo Vasco da Gama, do Rio Grande do Sul, pelo Juventude, e de São Paulo, atuando pelo clube com o qual tem contrato até junho de 2018.

A decisão de mudar para Santa Catarina teve influência da esposa, Camila, que é natural de Itajaí e responsável por apresentar SC ao jogador. Até aqui, uma escolha mais do que acertada.

"Aprendi a gostar muito da cidade e do estado. São maravilhosos. Logo quando eu e minha esposa noivamos, definimos Itajaí como nosso lugar para viver e estabelecemos nossa residência em Santa Catarina. E essa estreia terá uma sensação especial, pois jogarei em um estado que estou tendo grandes felicidades em minha vida pessoal e profissional. Pelo fato de conhecer muitos lugares e equipes, já consigo prever os desafios que terei pela frente durante o Catarinense", disse Douglas, que chegou à Chape em setembro do ano passado e logo assumiu a titularidade da equipe de Chapecó (SC).

"Fui muito bem recebido pelos companheiros, pela diretoria e pela torcida. Eu e minha família estamos adaptados e felizes em Chapecó. Estava há quase dois anos sem uma sequência de jogos por conta da lesão no joelho que sofri no Dnipro e pelo pouco espaço que tive no São Paulo. Atuar em 11 partidas como titular no Brasileirão, ajudar a Chapecoense a fugir do rebaixamento e ainda levar o time à pré-Libertadores me deixou muito motivado e confiante para 2018", acrescentou.

Com a Chape na Pré-Libertadores e sendo o único time catarinense na elite do futebol nacional, Douglas acredita que a equipe comandada por Gilson Kleina chega forte em busca do tricampeonato estadual.

"Terminamos o ano de 2017 muito bem. Tivemos bons reforços e perdemos poucos jogadores. A equipe é praticamente a mesma e já está bem entrosada. Teremos uma briga forte com equipes tradicionais como Avaí, Figueirense e Criciúma. Acredito muito em nosso entrosamento e na força de nossa torcida para alcançar esse tricampeonato inédito para a Chape", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos