Topo

Futebol


Por que Paulão voltou e não faz parte do grupo de 'indesejáveis' do Inter

Ricardo Duarte/Divulgação SC Internacional
Zagueiro Paulão treina com elenco principal do Inter. Anderson (ao fundo) não Imagem: Ricardo Duarte/Divulgação SC Internacional

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

15/01/2018 04h00

Paulão voltou ao Internacional, foi reintegrado ao elenco principal e passa longe da lista de ‘indesejáveis’ do Colorado – pequeno grupo que deve treinar separado em CT da base. A explicação para que o zagueiro tenha sido reaproveitado é simples: o time gaúcho ainda vê chance de que ele seja negociado e não quer desvalorizar seu ativo.

Outro argumento, que deverá ser evitado publicamente pela pressão da torcida, é de que o desempenho do jogador em 2017 não foi ruim. Bem pelo contrário.

Paulão fez parte da campanha que levou o Vasco a disputa da Libertadores. Terminou o ano marcando gols e com um cartaz melhor do que havia construído anteriormente. Não ficou em São Januário pela penúria financeira cruz-maltina. O interesse do clube existia.

No final de semana, o Inter e o zagueiro tiveram mais uma prova de que a relação será difícil. Paulão foi cobrado por uma centena de torcedores que acompanhavam o jogo-treino. Mesmo na reserva, o jogador foi vaiado e até xingado. Quando entrou em campo, ouviu mais barulho.

Aos 31 anos, Paulão carrega o rótulo de ter sido um dos capitães do Inter na famigerada temporada que terminou com rebaixamento do clube. A crítica forte ao jogador, contudo, não mudou seu lugar. Ele não está na lista de atletas que treinarão longe do elenco principal.

A relação de dispensáveis conta, entre outros, com o zagueiro Alan Costa, o volante Fernando Bob e os meias Anderson e Seijas. Nesta relação, o Colorado entende que não há nenhum nome que possa ser reaproveitado ao longo de 2018.

O cenário de Paulão no Beira-Rio, contudo, não é muito melhor. No final da fila da hierarquia atual de zagueiros, ele pode ter concorrência ainda maior se ficar no Colorado. Em julho, Rodrigo Moledo chega por meio de pré-contrato e aumenta a lista de alternativas para função.

A direção do Internacional ainda espera encontrar um negócio para envolver Paulão. Enquanto isso, aproveita o zagueiro nos treinos para não desvalorizar um ativo considerado importante.

Mais Futebol