Eurico classifica novo patrocinador do Vasco como "empresa revolucionária"

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Eurico Miranda fechou patrocínio em seu último dia de mandato no Vasco

    Eurico Miranda fechou patrocínio em seu último dia de mandato no Vasco

Teoricamente em seu último dia de mandato, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, anunciou um patrocinador máster em substituição ao banco estatal Caixa Econômica Federal. Embora ainda mantenha sigilo sobre o nome, sabe-se que se trata da "Lasa Indústria Farmacêutica". Em sua nota oficial, o dirigente classifica o novo parceiro como uma "empresa revolucionária":

"O Club de Regatas Vasco da Gama comunica que um novo patrocinador master estampará seu logo em nosso uniforme a partir de 31 de janeiro. A parceria, muito além de um simples patrocínio, traz a marca da inovação de uma empresa revolucionária de dimensão internacional. Os detalhes serão conhecidos na próxima semana. Os vascaínos ficarão orgulhosos com a parceria. Qualquer outra informação não passa de especulação".

Chama a atenção também na nota a informação de que "os detalhes serão conhecidos na próxima semana". Como se sabe, nesta sexta-feira ocorrerá a eleição do Conselho Deliberativo onde o candidato de oposição Julio Brant poderá ratificar sua vitória e se tornar o novo presidente do Vasco. De acordo com o estatuto do clube, em seu artigo 93, a posse da Diretoria Administrativa acontece na "segunda semana da segunda quinzena do mês de janeiro", isto é, de 23 a 29 de janeiro. Ou seja, guardadas as devidas interpretações, Eurico poderá realizar essa ação, no máximo, até a próxima segunda caso seja derrotado no pleito.

Os valores do patrocínio giram em torno de R$ 18 milhões anuais, mas ainda não há uma confirmação se o contrato é válido por um ou três anos. Se esta quantia for garantida, O valor será superior ao que a Caixa pagava nos últimos anos - na temporada passada, o patrocínio do banco rendeu aos cofres cruzmaltinos a quantia de cerca de R$ 12 milhões (R$ 11 milhões fixo mais aproximadamente R$ 1 milhão de bônus por objetivos).

A Lasa terá direito a usar os mesmos espaços até então usados pela Caixa: master, costas e short. Não está descartado que o grupo representado pela Lasa divida os espaços que terá direito na camisa do Vasco ao longo do período do patrocínio com outras empresas que o grupo possui. Por exemplo, pode ser que a marca da Lasa apareça no máster e nas costas, enquanto uma segunda empresa do mesmo grupo ocupe o espaço do short.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos