Coritiba anuncia obras e interdita parte do Couto Pereira para o Estadual

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Reprodução/Twitter

    Setor Mauá, recém-construído, passará por ajustes para sua conclusão

    Setor Mauá, recém-construído, passará por ajustes para sua conclusão

A nova diretoria do Coritiba decidiu iniciar ainda no Estadual pequenas obras de reparo no Estádio Major Antônio do Couto Pereira, e anunciou a interdição de setores durante o período. A intenção é adequar o estádio às exigências do Ministério do Esporte. Durante o período de obras, os sócios do clube que têm cadeiras nos setores interditados serão deslocados para outras áreas do estádio, em dias de jogos.

Já para a partida contra o Prudentópolis, neste domingo, 17h, o Couto Pereira terá interdição parcial em cerca de 1000 lugares nas cadeiras sociais, área mais nobre do estádio. O setor Mauá, ampliado em reforma entregue em 2013, passará por reparos que fecharão o acesso ao terceiro anel de arquibancadas durante todo o Paranaense. Por fim, o clube mudará estruturas nas áreas de circulação no setor de rádios e TVs.

"A gente desde o primeiro dia ficou em cima disso, através da comissão de patrimônio, e nós reiniciamos a obra do setor Mauá, pagamos o que devíamos a empresa, e o terceiro anel volta à obra, a tendência é que ele fique fechado por três meses. E temos questões até mais problemáticas do que achávamos no setor social, no banheiro feminino, mas a gente está atendendo bem isso, com transparência", informou o presidente Samir Namur durante o programa "Fala Presidente" de janeiro.

A capacidade do estádio durante as obras não foi informada pelo clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos