Moledo negocia saída imediata da Grécia para reforçar Inter no Gauchão

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Edu Andrade/Agência Freelancer

    Rodrigo Moledo já tinha pré-contrato com o Inter, mas deve chegar 5 meses antes

    Rodrigo Moledo já tinha pré-contrato com o Inter, mas deve chegar 5 meses antes

Rodrigo Moledo deve reforçar o Internacional agora. Mesmo com pré-contrato assinado e acerto para chegar em julho, o zagueiro seguiu negociando com o Panathinaikos e está em vias de obter liberação imediata. Em Porto Alegre, o Colorado aguarda novas ainda nesta semana.

Aos 31 anos, Moledo está na Grécia desde 2016 e tem contrato até junho. O Inter tentou negociar com o Panathinaikos e não conseguiu. Então, assinou pré-contrato com o jogador. A vontade do atleta e insistência do Colorado fizeram a negociação seguir.

A novidade no caso é que Rodrigo Moledo recusou uma oferta do PAOK e voltou a pedir aos dirigentes de seu atual clube para ser liberado imediatamente. O plano dele, e do Inter, é chegar ao Brasil para disputar o Gauchão e as primeiras fases da Copa do Brasil. A volta ao Beira-Rio agora também acelera um natural processo de readaptação ao futebol brasileiro.

O PAOK chegou a falar com o Internacional para tentar a contratação do jogador. A ideia do time grego era contratar Moledo mesmo com o pré-contrato firmado. O Colorado recusou.

O UOL Esporte já mostrou que o Internacional aposta em Moledo para suprir uma carência antiga. O desejo na volta do jogador também vem de tempos e motivou tentativas anteriores. Aos olhos da diretoria, o zagueiro pode formar uma dupla perfeita com Victor Cuesta.

Nas próximas horas, Rodrigo Moledo deve se reunir com os dirigentes gregos para ter uma posição final sobre a saída imediata do clube. Se a liberação for confirmada, ele chega ao Brasil até o início da próxima semana para agilizar processo de registro junto à CBF.

Esta será a terceira passagem do zagueiro pelo Internacional. Na primeira, ele chegou como reforço para o time B e após superar lesão no joelho ganhou lugar na equipe principal. Deixou o Colorado em 2013 para jogar no Metalist, da Ucrânia, e voltou de lá após imbróglio judicial. No retorno, finalizou recuperação de cirurgia pelo Colorado e quase assinou com o Atlético-PR. Acabou sendo contratado pelo time gaúcho, mas jogou apenas no Inter B.

Com a proposta do Panathinaikos, foi liberado sem custos e com 20% dos direitos ainda vinculados ao Colorado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos