Topo

Futebol


Presidente do Grêmio vai acumular função até escolha de novo vice

Lucas Uebel/Grêmio
Romildo Bolzan Jr. ficará na função política ligada ao vestiário do Grêmio Imagem: Lucas Uebel/Grêmio

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

18/01/2018 19h56

O presidente Romildo Bolzan Jr. irá acumular a função de vice de futebol, até segunda ordem. Depois de comunicar a saída de Odorico Roman, que esteve no cargo em 2017, o Tricolor adiou a escolha definitiva do novo nome que ocupará a posição política junto ao vestiário. As atribuições serão repartidas entre Roman e Bolzan nos próximos dias até saída plena.

Nesta quinta-feira (18), na reapresentação do elenco campeão da Libertadores, os jogadores foram comunicados das alterações no departamento de futebol.

A mudança no organograma já se faz valer no dia a dia. Foi Romildo Bolzan Jr. o dirigente que viajou para acompanhar a estreia do Grêmio no Gauchão, contra o São Luiz-RS, em Ijuí. Odorico Roman deve sair efetivamente da função na próxima semana.

Na última segunda-feira, o Conselho de Administração do Grêmio se reuniu e tratou da sucessão de Odorico Roman. No encontro, os dirigentes não chegaram a um nome para ser escalado no cargo. Assim, o grupo definiu que haverá a participação do presidente.

Para o Grêmio, a definição do novo vice de futebol não é urgente. Os temas ligados ao mercado, como contratações e saídas, serão centralizados em André Zanotta. O diretor executivo de futebol chegou ao clube no ano passado.

“Nós estamos trabalhando nisso, mas não é um processo onde temos pressa. Quando o vice for escolhido, ele escolha o diretor. E que ele chegue com elenco pronto e possa administrar, dar sua contribuição. Harmonizar o processo. A pressa pela substituição não existe”, disse Romildo Bolzan Jr.

Além de um novo vice de futebol, o Grêmio pretende fechar a definição de um diretor de futebol. A função servirá de apoio no escopo de atribuições do dirigente não-remunerado. Essa vaga era ocupada por Saul Berdichevski na última temporada. Ele seguirá no clube, mas atuando como diretor médico junto ao departamento de saúde.

Mais Futebol