Quem é o 'novo Arthur' que fez Grêmio fechar treino contra comparação

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jessica Maldonado/Divulgação Grêmio

    Matheus acertou 87% dos passes em jogo contra o São Luiz, na estreia do Gauchão

    Matheus acertou 87% dos passes em jogo contra o São Luiz, na estreia do Gauchão

Matheus Henrique, 20 anos, vai muito além do gol na estreia do Gauchão. A qualidade técnica dele enche os olhos do Grêmio a tal ponto que o Tricolor bolou um plano para evitar badalação. Às vésperas do Estadual, o clube fechou treinos com a ideia de impedir comparação com o camisa 29 – destaque do time campeão da Libertadores do ano passado.

Quando a bola rolou em Ijuí ficou difícil evitar. Os toques curtos na bola, a função exercida e o desempenho remeteram imediatamente ao nome de Arthur.
O gol, no primeiro tempo, foi uma cereja no bolo. Matheus, que no ano passado foi usado em jogos do Brasileirão quando o Grêmio preservou todo o elenco principal, deixou até o apelido de Matheusinho para trás. O jogo dele se sobrepôs.

De acordo com o Footstats, Matheus deu 30 passes no jogo contra o São Luiz-RS e errou apenas quatro deles. A taxa de 87% de acerto lembra Arthur, que chegou a ter 95% de acerto em seus passes nos jogos pelo Grêmio (tanto Libertadores como Brasileirão e Copa do Brasil).

"O Matheus a gente sabia que iria ser comparado ao Arthur, pelo jeito de jogar e característica. Fechamos os treinos para evitar isso. Estamos preparando ele, tudo ao seu tempo. O Arthur é um jogador reconhecido nacionalmente, mas o Matheus com tempo vai ter o espaço dele", contou César Bueno.

A declaração do treinador do time de transição vem dias depois de uma medida que causou surpresa. Na sexta-feira, o Grêmio fez um jogo-treino com o Avenida em seu CT e liberou acesso aos jornalistas somente nos 30 minutos finais. Nesta semana, também houve treino sem a presença da imprensa.

"Eu peguei pouco do Arthur... Integrei o profissional na reta final do ano passado, treinamos pouco tempo juntos. Mas é um elogio ser comparado a ele, é um craque. Admiro ele muito, como pessoa e profissional", disse Matheus.

Matheus passou pela base do Grêmio em 2013 depois de iniciar trajetória no Barra Funda-SP. Foi dispensado do Tricolor e voltou no ano passado, em empréstimo junto ao São Caetano. Em 2017 se recuperou de lesão e jogou apenas na reta final do ano. Foi o suficiente para ganhar espaço e aparecer entre os nomes a serem usados pelo clube no estadual.

"Meu objetivo é me afirmar no profissional. Sei que nem sempre vai ser dito o que a gente espera, mas é preciso em frente", comentou. "Cheguei ao Grêmio como meia. No São Caetano eu fui até atacante pela beirada. No Grêmio, no Brasileiro de Aspirantes, eu joguei nessa função. Gostaram no clube e eu também. Me considero jogador de meio-campo agora".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos