Goleiro é preso durante intervalo de jogo na Arena Pantanal

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Lucas Ninno/Secom-MT

    Heverton acabou detido pelos policiais no intervalo do jogo contra o Luverdense

    Heverton acabou detido pelos policiais no intervalo do jogo contra o Luverdense

Uma situação inusitada marcou a partida entre Operário e Luverdense, válida pelo Campeonato Mato-grossense de 2018. Escalado como titular pelo time de Várzea Grande, Heverton "Perereca", 39 anos, deixou a partida no intervalo para passar a noite em cárcere. O goleiro foi preso pela Polícia Militar, que cumpriu um mandado de prisão pelo não-pagamento de pensão alimentíci para um dos filhos do jogador.

A prisão do atleta no intervalo da partida foi noticiada pelo G1 e confirmada pela reportagem do UOL Esporte com a assessoria da Polícia Militar do Mato Grosso.

De acordo com informações repassadas pelas autoridades, um oficial de justiça chegou à Arena Pantanal com um mandado de prisão contra o goleiro e pediu o apoio dos policiais para cumpri-lo ainda durante a partida ocorrida na úl

As autoridades entraram nos vestiários durante o intervalo da partida e levaram o goleiro sem qualquer tipo de resistência. O jogador do Operário acabou encaminhado para o Centro de Custódia de Cuiabá (CCC-MT).

O mandado, expelido pelo juiz Alberto Pampado da 3ª Vara da Família e Sucessões de Cuiabá, diz que o goleiro vai permanecer detido por um período de 60 dias ou até pagar a dívida de pensão alimentícia. O documento responsável por pedir o cárcere do jogador do Operário passou a valer em 2018.

A reportagem tentou contato com o clube, mas não obteve resposta até o momento da publicação. Em campo, a Luverdense venceu o Operário por 2 a 1.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos