BBC: Mkhitaryan aceita ir para o Arsenal, e Sánchez fica perto do United

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters / Darren Staples

    Armênio (esq.) é parte da negociação por chileno do Arsenal

    Armênio (esq.) é parte da negociação por chileno do Arsenal

Todas as partes estão de acordo para que Alexis Sánchez deixe o Arsenal e vá para o Manchester United. Última peça para que o acordo entre os dois clubes fosse concretizado, o meia Henrikh Mkhitaryan aceitou a mudança para o time londrino, segundo a BBC.

O jogador armênio passará por exames médicos já neste domingo (21), o que reforça o que foi dito pelo técnico Arsene Wenger: a transferência deve ser confirmada em 48 horas.

Tanto Arsenal quanto Manchester United jogaram neste sábado (20), pelo Campeonato Inglês. Sem Sánchez, o time da capital goleou o Crystal Palace por 4 a 1. Wenger explicou a ausência do chileno. "Ele não jogou porque você não pode dirigir para o norte e jogar futebol ao mesmo tempo", disse o técnico, insinuando que o atleta estava a caminho de Manchester, localizada no Norte da Inglaterra.

Já José Mourinho afirmou após a vitória do United sobre o Burnley que o negócio estava "próximo" de sair.

Além de Mkhitaryan, o Manchester United irá desembolsar 30 milhões de libras (R$ 132 milhões) para tirar Sánchez do Arsenal – fora comissões a empresários e luvas ao jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos