Com dedo de Renato, Grêmio e Cícero fecham renovação com produtividade

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • REUTERS/Diego Vara

    Cícero marcou o gol da vitória do Grêmio no jogo de ida da final da Libertadores

    Cícero marcou o gol da vitória do Grêmio no jogo de ida da final da Libertadores

Cícero vai seguir no Grêmio. Nesta segunda-feira (22) o meia ex-Fluminense e São Paulo deve, enfim, assinar a renovação com o Tricolor gaúcho. A permanência já está tão encaminhada que ele vem treinando em Porto Alegre mesmo sem o novo contrato firmado. E para chegar a um acordo, as partes cederam. O clube topou bancar um valor maior do que o previsto no início e o jogador também aceitou um vínculo por produtividade.

Aos 33 anos, Cícero vai receber um valor fixo por mês e essa quantia aumentará de acordo com o número de jogos que ele disputar ao longo da temporada.

Essa foi a saída encontrada pelo Grêmio. Até 31 de dezembro, o autor do primeiro gol da final da Libertadores 2017 recebia um salário considerado altíssimo de três fontes: Fluminense, São Paulo e Grêmio. O cenário se deu pelo empréstimo de três meses entre os tricolores.

Em Porto Alegre, Cícero é visto como um jogador versátil. Indicado por Renato Gaúcho, ele jogou as últimas quarto partidas da campanha da Libertadores e durante esses minutos fez diferentes funções. De meia a centroavante. E em 2018, ele também poderá jogar de volante.

"O Cícero é um jogador muito útil, é um polivalente. E além disso, tem experiência. Está tudo encaminhado, está tudo certo, ele vai permanecer e quanto mais jogar, mais vai receber. Ele vai ajudar muito pela bagagem que tem e pela técnica que possui também", disse Romildo Bolzan Jr., presidente do Grêmio.

Durante as férias, Renato chegou a ligar para Cícero sugerindo que o meia aceitasse a oferta do Grêmio. Depois do contato, o clube ainda apresentou uma nova proposta para, então, fechar acordo de renovação.

Na sexta-feira, um dia depois da reapresentação do elenco principal, outro caso pendente foi encerrado. Jael assinou a renovação e garantiu permanência até dezembro. Cícero fará o mesmo nesta segunda e continuará sendo um homem de confiança de Renato no elenco.

A renovação de Cícero não afeta em nada os planos do Grêmio no mercado. A diretoria busca dois atacantes e também está de olho em um meia. No entendimento da comissão técnica, ainda há carência para a função de armador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos