Cruzeiro amplia contrato e concede aumento a Rafinha após assédio do Vasco

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Geraldo Bubniak/Light Press/Cruzeiro

    Rafinha, meia-atacante do Cruzeiro, renova até dezembro de 2019

    Rafinha, meia-atacante do Cruzeiro, renova até dezembro de 2019

O Cruzeiro aumentou o salário e ampliou o contrato de Rafinha até dezembro de 2019. O novo vínculo do atleta apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na tarde desta terça-feira (23).

Itair Machado, vice-presidente de futebol do clube, teve a incumbência de acertar o novo compromisso do atleta de 34 anos.

Em reunião ocorrida na última semana, o cartola acertou a manutenção do jogador que conta com o apreço de Mano Menezes.

O último contrato de Rafinha se encerraria em dezembro de 2018. Entretanto, após uma proposta do Vasco da Gama, o Cruzeiro se viu obrigado a aumentar o vencimento do jogador e estender também o compromisso.

Rafinha está na Toca da Raposa II desde julho de 2016. Sob a batuta de Mano Menezes, ele se tornou um jogador importante do plantel.

O antigo compromisso do jogador no Cruzeiro continha uma cláusula que obrigava o clube a igualar qualquer proposta com o intuito de evitar a sua saída. Caso contrário, ele poderia se transferir para outra equipe.

"É um jogador que tem uma cláusula que uma proposta X, ou o Cruzeiro cobre a oferta ou libera o jogador de graça. É uma cláusula criminosa, esse contrato não deveria existir. Um jogador com a qualidade dele receberá proposta todo mês. Por uma diferença salarial de 20 mil reais seria incompetência da nossa parte. O Mano não abre mão do jogador, que é essencial no esquema tático do time", disse Itair Machado nos primeiros dias da pré-temporada. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos