Arsenal vira sobre o Chelsea e decidirá Copa da Liga com o Manchester City

Do UOL, em São Paulo

  • David Klein/Reuters

O combalido Arsenal terá a chance de terminar a temporada 2017/18 com um título. A equipe londrina recebeu o Chelsea nesta quarta-feira (24) no jogo de volta da semifinal da Copa da Liga Inglesa e bateu o rival de virada por 2 a 1, garantindo a classificação para a decisão da competição.

O belga Hazard foi responsável pela abertura do placar na noite, mas Rüdiger (contra) e Xhaka balançaram as redes pelo Arsenal e deram ao time da casa a vaga na final – na ida, em Stamford Bridge, os clubes da capital inglesa empataram por 0 a 0.

Com a vitória, o Arsenal enfrentará o Manchester City no próximo dia 25 de fevereiro, data da final em jogo único da competição. A decisão do torneio será realizada no estádio de Wembley, em Londres.

Sorte cai do lado vermelho

O Chelsea iniciou a partida com mais intensidade, chegando à área do Arsenal e tendo um gol de Pedro anulado aos 4min, por impedimento. O espanhol não se abalou, e após uma bela linha de passe, recebeu na cabeça da área e enfiou para Hazard abrir o placar com um toque na saída de Ospina aos 6min.

Embora acuado, o Arsenal precisou apenas de quatro minutos para empatar, em uma jogada inusitada que contou com um cabeceio de Nacho Monreal desviado, também de cabeça, por Marcos Alonso e Rüdiger. O empate deixou o duelo mais equilibrado, porém o Chelsea eventualmente voltou a se impor no Emirates.

Ben Stansall/AFP

O time visitante voltou melhor do intervalo, porém não contava com a mesma sorte dos anfitriões. Em novo lance com um bate-rebate da defesa do Chelsea, originado de uma tentativa de cruzamento de Lacazette, Xhaka se aproveitou da sobra na pequena área e tocou sobre Caballero para virar o jogo aos 15min.

Uma vez na frente do marcador, o Arsenal ficou ainda mais retraído e explorando contra-ataques oferecidos pelo Chelsea. A estratégia deu certo, pois os visitantes tiveram dificuldades na criação e ofereceram espaços para contragolpes - mal aproveitados pelos anfitriões, que perderam a chance de matar o jogo com Iwobi.

Matt Dunham/AP

Bem acionado, Willian deixa jogo lesionado

O brasileiro Willian foi um dos jogadores mais ativos na primeira meia hora de partida, porém teve que deixar o jogo prematuramente com uma lesão na coxa. Com a saída do meia, o técnico Antonio Conte promoveu a estreia de Ross Barkley, até o momento o único reforço do Chelsea na janela de transferências do inverno europeu.

John Sibley/Reuters

Reforço do Arsenal, Mkhitaryan assiste ao jogo do banco

Parte da negociação do Arsenal com o Manchester United pela transferência de Alexis Sánchez, o armênio Henrikh Mkhitaryan foi ao Emirates pela primeira vez como jogador do time londrino, assistindo ao jogo contra o Chelsea do banco de reservas. Apesar de já estar integrado ao elenco, o meia não pode jogar na Copa da Liga Inglesa por já ter atuado na competição por seu ex-clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos