Além de gol: meninos do Fla distribuem chapéus e dribles desconcertantes

Do UOL, em São Paulo

  • GIlvan de Souza/Divulgação

Ainda é cedo para falar que todos os prodígios do Flamengo virarão realidade, mas é inevitável dizer que a base da equipe rubro-negra está bem neste começo da temporada. Além do primeiro gol de Lincoln como profissional, Vinicius Júnior e Lucas Paquetá entortaram a defesa do Bangu nesta quarta-feira (24), enlouquecendo a torcida que compareceu à Ilha do Urubu para ver a vitória da equipe anfitriã por 1 a 0.

Mesmo que a vitória fosse o foco principal, as promessas da equipe não deixaram de mostrar seus respectivos talentos em jogadas individuais. Teve chapéu, zagueiro no chão e até lance decisivo criado com muito efeito. Pior para a zaga do Bangu.

Gol após caneta

Principal revelação do Flamengo nos últimos anos, Vinícius Junior deu uma pequena amostra do por que o Real Madrid pagou 45 milhões de euros pelo seu passe, mesmo com ele tendo apenas 17 anos. O meia conseguiu passar por três defensores adversários com uma caneta e cruzou rasteiro para Lincoln. O atacante de também 17 anos fez o seu primeiro gol como jogador profissional com um carrinho.

Defensor adversário no chão

Além dos dois, Lucas Paquetá também aprontou as suas no gramado da Ilha do Urubu. O meia recebeu um lindo lançamento de Vinicius Junior, e deu um corte para o lado esquerdo que deixou o lateral Guilherme não chão. No entanto, seu chute acabou encaixado nas mãos do goleiro Célio.

Chapéus

Esse não foi o único momento em que Paquetá fez a vida de Guilherme parecer um inferno. O camisa 11, que terminou o ano passado em alta, levantou a torcida com um belo chapéu no lateral esquerdo do Bangu. Além do meia, o volante Ronaldo também distribuiu um lençol no volante Magno.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos