Ainda sem centroavante, Grêmio vê Jael, Luan e Cícero como opções de ataque

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Jael deve iniciar temporada como titular do Grêmio enquanto reforço não vem

    Jael deve iniciar temporada como titular do Grêmio enquanto reforço não vem

A busca por um novo centroavante segue no Grêmio, mas por enquanto sem novidades. Enquanto espera pelo reforço, Renato Gaúcho pensa como iniciar a temporada. Jael e Luan são as primeiras opções do treinador para a função que até dezembro era de Lucas Barrios, com Cícero correndo por fora como mais uma alternativa para o papel de camisa 9.

Luan jogou adiantado em 2016. Jael terminou 2017 com um bom cartaz, a despeito de não ter feito nenhum gol. Cícero, por sua vez, atuou ali na semifinal da Libertadores.

Internamente, a visão é de que Jael deve começar o ano como titular. Isso se um novo centroavante não chegar antes da Recopa Sul-Americana, contra o Independiente-ARG. O estilo de jogo, de imposição, agrada e pesa a favor do ex-jogador de Joinville e Flamengo.

A renovação de Jael foi um pedido de Renato. Ele indicou a contratação no ano passado e tem o jogador em alta conta justamente pelas características. A experiência também agrada. Outro ponto que favorece a escalação é a manutenção de Luan em sua tarefa atual.

Divulgação/Grêmio

Em 2016, Luan marcou 12 gols. Em 2017, foram 18 e os títulos individuais que atestam um melhor desempenho. Além dos números, outra diferença entre as temporadas foi justamente a função. No ano da conquista da Copa do Brasil, o camisa 7 atuou perto do gol, entre os zagueiros. Na caminhada até o tri da América, o meia-atacante jogou recuado, como armador, com imensa liberdade para circular na faixa de campo que fica entre os volantes e a defesa.

"A gente já jogou assim, fomos campeões jogando essa maneira. O Luan tem estilo diferente e até dificulta a marcação, ele não fica parado e circula. Abre espaço para outros entrarem na área também. Vamos esperar, vamos ver... Se chegar, ótimo. Se não, o Luan é muito bom", comentou Maicon.

"Já joguei nessa posição porque tinha o Douglas. Ele era o nosso meia, o nosso 10, então joguei mais à frente. Eu não tenho problema de jogar mais à frente, mais atrás ou pelos lados", declarou Luan.

Apesar da posição do elenco ser favorável ao teste de Luan adiantado, o time sabe que a função exercida no ano passado foi mais decisiva. E aí surge o nome de Cícero. Ex-São Paulo e Flu, o meia também é homem de confiança de Renato. Foi o último reforço de 2017 e chegou apenas para jogar a reta final da Libertadores. Atuou contra o Barcelona-EQU exatamente como centroavante. A seu favor contam o posicionamento e bom cabeceio.

No domingo, o time principal do Grêmio realiza um jogo-treino contra o Sindicato dos Atletas do Rio Grande do Sul. A atividade será o primeiro esboço da equipe para 2018. No dia 3 de fevereiro o grupo estreia oficialmente na temporada diante do Cruzeiro-RS, pelo Gauchão. Ou seja, testes não vão faltar para definir quem vai ser o centroavante até o reforço chegar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos