Bordeaux breca ida de Malcom para Inglaterra, e saída deve ficar para julho

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, em Manchester (ING)

  • Nicolas Tucat/AFP Photo

Na pauta de alguns dos grandes clubes europeus, Malcom, atacante do Bordeaux, terá seu futuro definido apenas na próxima janela de transferências, na metade do ano. O jogador de 20 anos ouviu do clube francês que nada será decidido antes de julho.

Apesar da tentativa dos empresários de negociar a revelação da base do Corinthians neste início de 2018, a diretoria da agremiação bateu o pé e deixou a resolução do caso para o fim da temporada. Nem mesmo a ideia de vender Malcom neste mercado e tê-lo emprestado na França pelo clube comprador no restante da campanha seduziu o Bordeaux.

Na semana passada, o estafe de Malcom se reuniu com Mauricio Pochettino, técnico do Tottenham, e saiu do encontro encantado com o que ouviu do treinador argentino – a promessa de transformar o jovem brasileiro em protagonista na Europa em no máximo três anos, com acompanhamento especial nas atividades em Londres. Assim, estavam convencidos de que os Spurs eram a melhor opção para Malcom e viam a capital da Inglaterra como destino iminente do atleta. O Bordeaux, porém, freou a empolgação e fechou a porta de saída. Antes de se animarem com o Tottenham, os agentes do ex-corintiano conversaram com o Arsenal, rival do norte da cidade.

Enquanto os Gunners acertaram a chegada do meia ofensivo Henrikh Mkhitaryan na troca com o Manchester United pelo atacante Alexis Sánchez, o Tottenham encaminhou um acerto com Lucas Moura, na lista de dispensa do PSG.

No sudoeste da França há dois anos, Malcom disputou 81 partidas e marcou 17 gols. O Bordeaux ocupa a modesta 12ª colocação do Campeonato Francês.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos