Em gol com ajuda de Neymar, Cavani vira maior artilheiro da história do PSG

Do UOL, em São Paulo

O uruguaio Edinson Cavani se tornou neste sábado o maior artilheiro da história do Paris Saint-Germain, com 157 gols. O atacante abriu o placar na partida contra o Montpellier, em confronto válido pela 23ª rodada do Campeonato Francês.

O placar final da partida apontou 4 a 0 a favor do PSGNeymar marcou o segundo, em cobrança de pênalti, e o quarto. Di Maria fez o terceiro.

Cavani marcou logo no início do primeiro tempo, em uma jogada que teve a participação de Neymar – os dois jogadores tiveram desentendimentos ao longo da temporada na briga pela função de cobrador de pênaltis do time. No lance, o brasileiro foi acionado na esquerda e serviu Rabiot, que passou de primeira para o uruguaio marcar dentro da pequena área.

A comemoração de Cavani foi efusiva. O uruguaio festejou a marca de maior artilheiro da história do PSG tirando a camisa e correndo em direção da torcida. Em seguida, o atacante foi abraçado pelos companheiros de time, incluindo Neymar. 

Em 17 de janeiro passado, Neymar havia sido vaiado pela torcida do PSG por não deixar Cavani cobrar um pênalti, na goleada por 8 a 0 sobre o Dijon, no momento em que o brasileiro já tinha três gols na partida. O recorde do uruguaio poderia ter saído nesta data, por isso a insatisfação das arquibancadas.  

Com a jogada bem-sucedida deste sábado, Cavani chega a 157 gols com a camisa do PSG e assim supera a marca do sueco Zlatan ibrahimovic, que anotou 156 pelo time da capital francesa. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos