Pastore de saída? "Não vou me perdoar se não for à Copa por ficar no PSG"

Do UOL, em São Paulo

  • Gonzalo Fuentes/Reuters

Javier Pastore pode estar de saída do Paris Saint-Germain. Após a goleada por 4 a 0 contra o Montpellier no último sábado (27), o meia argentino afirmou que quer disputar a Copa do Mundo da Rússia, mesmo que para isso tenha que deixar o clube francês. Reserva no PSG, ele quer jogar mais para ser lembrado pelo técnico da seleção argentina, Jorge Sampaoli.

"Eu não sei. Sinceramente, estamos em uma situação difícil. É uma escolha muito difícil. Estou bem aqui, muito feliz, e é a minha cidade. Eu ainda não decidi nada. A única coisa que quero é jogar mais tentar ir à Copa. Se eu não for à Copa por ficar aqui no PSG, nunca me perdoarei. Não estava na última lista porque não jogo aqui, é normal. A Argentina tem muitos jogadores que estão melhores", disse.

Questionado se pode ir à Copa ficando em Paris, Pastore afirmou: "Não. Aqui, tenho que esperar alguém se machucar para poder entrar em campo", disse.

Agora, o futuro do jogador será decidido em breve, mas ele não esconde o desejo de retornar à Itália, onde atuou pelo Palermo de 2009 a 2011. Um dos possíveis destinos é a Inter de Milão.

"Depende também do clube para que eu vá. Não quero ir a qualquer lugar. A Inter é um grande clube. Se eu for sair, é para jogar na Itália, uma liga que conheço bem e gosto muito. Minha esposa mora lá e para mim a família é importante. Vamos tentar encontrar um acordo com o clube nos próximos dias", concluiu o meia.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos