Possível reforço mais caro do City já negou Guardiola e a seleção espanhola

Do UOL, em São Paulo

  • Denis Doyle/Getty Images

    Aymeric Laporte trocará o Athletic Bilbao pelo City, segundo a imprensa inglesa

    Aymeric Laporte trocará o Athletic Bilbao pelo City, segundo a imprensa inglesa

O zagueiro Aymeric Laporte é um jogador profissional de bastante personalidade, com decisões de carreira firmes, mesmo com pouca idade – 23 anos. Segundo a imprensa inglesa, o jogador do Athletic Bilbao se tornará o reforço mais caro da história do Manchester City ainda na janela de transferências de janeiro. Antes dessa façanha, no entanto, o defensor francês acumula um currículo que inclui negativas ao assédio do técnico Pep Guardiola e da seleção espanhola.

No último sábado, o jornal "The Guardian" publicou que o City já fechou a aquisição de Aymeric Laporte. Caso os detalhes se tornem oficiais, esta será a contratação mais cara da história do clube. O zagueiro foi retirado da lista de convocados para o jogo do Bilbao no fim de semana e deve ser anunciado na Inglaterra nos próximos dias.  

Laporte custará 57 milhões de libras (cerca de R$ 255 milhões) ao City. O valor recorde pago pelo clube em uma transferência, até o momento, são as 55 milhões de libras desembolsadas pela chegada do meia belga Kevin De Bruyne em 2015.

"Não" para Guardiola em 2016

Essa não é a primeira vez que Pep Guardiola tenta levar Laporte ao Manchester City. Em 2016, logo que assumiu o clube inglês, o cultuado técnico espanhol tentou a contratação do jovem defensor. Na oportunidade, no entanto, o jogador do Bilbao recusou o assédio, mesmo após uma conversa telefônica com o treinador.

"Como eu disse não a Pep? Ao observar os prós e contras", declarou Laporte na oportunidade. "Conversei longamente com ele, assim como no meu clube, assim como minha família e amigos. Foi só prós e contras: (previsão de) tempo em campo e a minha recuperação de uma lesão", acrescentou.

Naquele momento, o jovem acreditava que não teria a oportunidade de atuar com sequência, diante da concorrência de jogadores mais experientes no elenco. Por isso, ficou no Bilbao, clube onde chegou como juvenil em 2010.

Disputado por suas seleções

Laporte teve uma trajetória exemplar através das categorias de base da seleção francesa. O zagueiro atuou e foi capitão das equipes sub-17, sub-18, sub-19 e sub-21. No entanto, ainda não teve oportunidade de defender o time principal do país.

O jogador do Athletic Bilbao chegou a ser convocado para disputar a Euro de 2016, mas uma fratura na perna impediu sua estreia pela seleção principal da França. A partir dali a Espanha começou a flertar com o zagueiro, que tem ascendência basca.

Durante um período a imprensa da Espanha chegou a noticiar a possibilidade de que Laporte recebesse uma convocação de Julen Lopetegui, atual técnico da seleção principal. Só que logo o jogador do Bilbao veio a público para manifestar que sua cabeça estava feita. 

"[A camisa da França] significa tudo. Desde que era muito novo eu sigo a seleção nacional da França. Vejo todas as partidas, inclusive as amistosas. Sempre foi algo importante para mim. Todo jogador francês sonha um dia em estar lá", comentou o provável reforço do City. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos