Após deixar UTI, Warley prestará depoimento nesta segunda-feira

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação

    Warley foi ferido com duas facadas na madrugada da última sexta-feira

    Warley foi ferido com duas facadas na madrugada da última sexta-feira

O ex-atacante Warley, hoje gerente de futebol do Botafogo-PB, continua se recuperando depois de ser ferido com duas facadas durante tentativa de assalto na madrugada de sexta-feira (26), em João Pessoa (PB). No último domingo (28), ele deixou a Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Nossa Senhora das Neves (HNSN) e foi transferido para um quarto.

Ex-jogador de Grêmio, Palmeiras e São Paulo, Warley – que precisou passar por duas drenagens nos pulmões – já iniciou as sessões de fisioterapia para retomar a capacidade respiratória, uma vez que as facadas atingiram seu pulmão.

"Ele ter ido para UTI foi mais por precaução. Esteve sempre consciente. E ontem ele passou para o apartamento e começou a fazer fisioterapia", disse Fábio Farias, médico do Botafogo-PB, em entrevista ao UOL Esporte.

Segundo ele, a expectativa é que Warley possa deixar o hospital ainda esta semana: "Esperamos que nos próximos dois dias eles tiram os drenos e já exista a possibilidade de alta para ele".

Warley, aliás, prestará depoimento à Polícia Civil no fim da tarde desta segunda-feira (29). O diretor jurídico do Botafogo-PB, Alexandre Cavalcanti, confirmou ao UOL Esporte que o ex-atacante será ouvido pelo delegado Diego Garcia, da Delegacia de Roubos e Furtos, responsável pelo caso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos