Ex-Santos, lateral da Roma chega a Londres para assinar com o Chelsea

Guilherme Dorini

Colaboração para o UOL, em Londres (Inglaterra)

  • Filippo Monteforte

    Emerson se destacou em Roma na temporada passada, quando virou titular e participou de 36 jogos

    Emerson se destacou em Roma na temporada passada, quando virou titular e participou de 36 jogos

Emerson Palmieri está a um passo de se tornar mais um brasileiro no elenco principal do Chelsea. Segundo apuração do UOL Esporte, o lateral esquerdo desembarca em Londres na tarde desta terça-feira (30) para realizar os exames médicos e assinar um contrato válido por quatro anos e meio – válido até junho de 2022 – com a equipe inglesa.

A princípio, a negociação entre Chelsea e Roma envolveria também o atacante Edin Dzeko e giraria em torno de 44 milhões de libras (R$ 199 milhões) pelos dois jogadores. No entanto, o bósnio não chegou a um acordo com os Blues, e o negócio seguiu apenas com o brasileiro. O clube italiano receberá inicialmente cerca de 17,5 milhões de libras (R$ 77,8 milhões), valor que poderá aumentar se Emerson atingir alguns objetivos pré-estabelecidos em contrato.

Revelado pelo Santos, Emerson foi emprestado para o Palermo antes de chegar a Roma, que o comprou em definitivo da equipe paulista por dois milhões de libras (R$ 8,9 milhões) em janeiro do ano passado.

Emerson se destacou na capital italiana na temporada passada, quando virou titular e participou de 36 partidas entre Liga dos Campeões, Liga Europa, Campeonato Italiano e Copa Itália. Seu desempenho chamou atenção de Giampiero Ventura, então técnico da seleção italiana, que até chegou a convocar o brasileiro - que já havia se naturalizado - para dois amistosos e uma partida das eliminatórias.

O problema, porém, é que Emerson sofreu uma ruptura dos ligamentos do joelho esquerdo no final da temporada passada, o que o impossibilitou de fazer parte do elenco da seleção. Recuperado desde dezembro, ele fez apenas duas partidas na temporada atual pela Roma, somando apenas 105 minutos em campo.

A contratação é um pedido de Antonio Conte, técnico italiano do Chelsea, que gostaria de uma sombra (e alternativa) para a posição que hoje tem o espanhol Marcos Alonso como titular absoluto - ele inclusive tem sete gols marcados nesta temporada pela equipe. Kenedy, ex-Fluminense, era uma das opções para a lateral esquerda, mas acabou sendo emprestado nesta semana para o Newcastle.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos