Fifa diz que mais de R$ 20 bilhões foram gastos em transferências em 2017

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / FRANCK FIFE

    Contratados pelo PSG, Neymar e Mbappé alavancaram o valor movimentado em 2017

    Contratados pelo PSG, Neymar e Mbappé alavancaram o valor movimentado em 2017

O que você faria com 6,37 bilhões de dólares? O valor, que ultrapassa os R$ 20 bilhões na conversão para a nossa moeda, foi o total gasto por times de futebol em transferências realizadas em 2017, segundo a Fifa. O Brasil foi o país mais engajado, com um total de 254 clubes envolvidos, seguido por Alemanha, Inglaterra, Argentina e Espanha.

A entidade divulgou os números nesta terça-feira (30), em seu relatório do mercado global de transferências. A quantia representa um aumento de 32,7% em relação a 2016, quando foram movimentados 4,8 bilhões de dólares (cerca de R$ 15 bilhões, de acordo com a cotação atual).

O documento ainda destaca que 67,4% do valor foi desembolsado por apenas 50 clubes de 13 federações diferentes. Vale lembrar que as negociações envolvendo Neymar (R$ 820 milhões), Mbappé (R$ 700 milhões) e Dembélé (R$ 413 milhões) se tornaram top 5 da história em 2017, alavancando o valor gasto no ano.

No total, 2017 teve 15.624 acordos envolvendo jogadores – para efeitos de comparação, foram 13.415 em 2016. O número é bastante significativo, mas apenas 15,8% destas transferências envolveram alguma compensação financeira; as outras 84,2% ocorreram sem custo.

O estudo apontou um surpreendente crescimento nos mercados do Japão, República Tcheca e Hungria. A transferência de Coutinho, que trocou o Liverpool para o Barcelona em janeiro por R$ 620 milhões, não foi levada em conta no levantamento por ter sido concretizada em 2018.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos