Suspeito de esfaquear Warley em João Pessoa é detido pela polícia

Do UOL, em Santos (SP)

  • Reprodução/WhatsApp

    Warley tira foto em hospital depois de levar facada durante assalto

    Warley tira foto em hospital depois de levar facada durante assalto

A Polícia Civil da Paraíba informou que deteve na manhã desta terça-feira (30) um suspeito de esfaquear o ex-jogador Warley na madrugada da última sexta-feira (26), em João Pessoa (PB). Segundo o delegado, trata-se de um travesti que será ouvido ainda nesta terça, na Central de Polícia.

"Mais uma vez a Polícia Civil da Paraíba cumpriu seu papel de maneira eficaz e rápida conseguindo prender o indivíduo que desferiu os golpes de arma branca contra o ex-jogador Warley", disse o delegado Diego Garcia, da Delegacia de Roubos e Furtos, em entrevista à Rádio Arapuan, de João Pessoa.

Segundo informações do acusado dadas pelo delegado, trata-se de um travesti que faz programas na região da praia, no período da noite. "Há uma versão ainda conflitante e a partir da oitiva de ambas as partes veremos o melhor caminho da investigação", acrescentou. O delegado informou ainda que o travesti estava com o celular de Warley.

Hoje gerente de futebol do Botafogo-PB, Warley foi ferido com duas facadas na madrugada de sexta-feira (26), em João Pessoa (PB). Atualmente ele se encontra no quarto do Hospital Nossa Senhora das Neves (HNSN).

Na última segunda-feira (29), Warley - que não corre risco de morte - postou um vídeo agradecendo o carinho e as orações que vem recebendo. O ex-jogador já vem realizando sessões de fisioterapia e existe a possibilidade de ele receber alta ainda nesta semana.

Em sua trajetória profissional, que durou de 1997 a 2016, Warley passou por Atlético-PR, São Paulo, Grêmio, Palmeiras e Udinese, da Itália, entre outros. Após passagem pelo Botafogo-PB em 2013 e 2014, o atacante voltou para encerrar sua carreira no clube em 2016. Ele ainda disputou quatro partidas pela seleção brasileira.

UOL Cursos Online

Todos os cursos