Escapou. Arsenal "confirma" Aubameyang por acidente em site oficial

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Leon Kuegeler

O Arsenal não anunciou oficialmente a contratação de Pierre-Emerick Aubameyang, mas um vídeo postado acidentalmente em seu site oficial – e logo retirado – evidencia que está tudo certo para a chegada do atacante nesta quarta-feira, último dia da janela de transferências do futebol inglês.

No curto vídeo, que ficou poucos minutos no ar como complemento de uma notícia relacionada à derrota por 3 a 1 para o Swansea na última terça, o repórter do canal oficial do clube faz a seguinte pergunta ao técnico Arsene Wenger. "Aubameyang é um jogador do Arsenal, você deve estar satisfeito pelo negócio estar fechado".

O treinador respondeu, também dando como certa a chegada do atacante. "Sim, são boas notícias. Precisamos de pessoas que possam nos dar mais poder ofensivo. Não fomos eficientes o suficiente no ataque. Estou convencido de que ele nos trará isso. Ele tem um grande desafio pela frente, ele quer ganhar o Campeonato Inglês", disse.

A gafe logo foi percebida por torcedores até por um produtor da emissora BBC, que gravou o vídeo com seu celular e compartilhou no Twitter. Logo depois o vídeo não apareceu mais no site oficial.

Apesar da indicação de que já está tudo certo, ainda não é possível afirmar que Aubameyang é um jogador 100% do Arsenal. É normal que os meio de comunicação dos clubes se antecipem com entrevistas para que, no anúncio oficial, tenham declarações e mais elementos para o material de divulgação.

De acordo com o jornal "The Guardian", o Arsenal chegou a um princípio de acerto com o Borussia Dortmund e deve pagar em torno de 63 milhões de euros (cerca de R$ 246,3 milhões) para contratar o atacante junto ao Borussia Dortmund. O anúncio deve ocorrer nesta quarta-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos