Andrés Sanchez foge de holofote e deixa reunião por subsolo da CBF

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • TV UOL

Andrés Sanchez evitou qualquer contato com a imprensa durante a reunião do conselho técnico do Campeonato Brasileiro, nesta segunda-feira (5). O novo presidente do Corinthians evitou os holofotes na chegada à sede da CBF.

Na saída, Sanchez desceu direto para o estacionamento, localizado no subsolo do prédio, e não conversou com nenhum veículo de imprensa. O mesmo caminho foi trilhado por Maurício Galiotte, presidente do Palmeiras. Mandatário do São Paulo, Leco deixou a reunião mais cedo por causa de outros compromissos.

Essa é a segunda vez em que Sanchez deixa um compromisso pelos fundos desde que foi eleito presidente do Corinthians, no último sábado (3). No dia do pleito, o dirigente deixou o clube escondido, no banco de trás de um carro, escondendo o rosto, duas horas depois do término da eleição.

Na ocasião, ele foi alvo de protestos de um grupo de torcedores. Enquanto Sanchez dava entrevista coletiva, um copo de cerveja foi atirado em sua direção, enquanto palavras de ordem eram gritadas.

Andrés respondeu apenas perguntas rápidas em meio a um grande tumulto que se instalou no Parque São Jorge logo após a divulgação de sua vitória nas urnas. O novo presidente do Corinthians marcou uma entrevista coletiva já na próxima terça, no CT Joaquim Grava.

Em montagem da nova diretoria, Sanchez ainda conversa com aliados e grupos parceiros para definir como fará a distribuição de cargos.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos