Inter encerra rodízio e prepara 'nova fase' para entrosar time titular

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Divulgação

    Inter vai usar Damião e Pottker mais vezes após rodar elenco nos primeiros jogos

    Inter vai usar Damião e Pottker mais vezes após rodar elenco nos primeiros jogos

O Internacional vai iniciar uma 'nova fase' na temporada. Depois de rodar o elenco no Gauchão, promovendo um rodízio na escalação, o Colorado entende que chegou a hora de dar entrosamento ao time considerado titular. A fixação de uma equipe base também vai servir para buscar melhoria em ideias da filosofia de jogo. Mas em linhas gerais, o clube julga que está no caminho certo dentro de seus planos.

A derrota para o Brasil de Pelotas, fora de casa, foi a última partida dentro dos planos de preservar jogadores de uma sequência maior de jogos na arrancada do ano.

"A partir de agora, vamos com a equipe base na maioria dos jogos. Se tiver que trocar, vai ser por circunstância. Mas vamos tentar manter a base", disse Odair Hellmann, técnico do Inter.

O uso de um time titular constantemente poderia ter ocorrido até antes. A fixação da equipe base estava prevista justamente para o jogo em Pelotas, mas com a antecipação da rodada seguinte o Colorado foi obrigado a poupar. Na quinta, o Inter recebe o São José-POA em duelo que originalmente estava programado para o dia 3 de março.

"É uma construção. Estamos trabalhando para as coisas se conectarem rapidamente. Mas tudo demanda tempo, uma ideia de jogo exige tempo.

Estamos evoluindo, muitas coisas já estamos levando para o jogo e outras ainda vamos precisar aprimorar", comentou Hellmann.
No caminho certo

Apesar das duas derrotas no Gauchão, contra Caxias e Brasil-PEL, o Inter vê bom desempenho. E principalmente, entende que o time está no caminho certo. Desde o final do ano passado, o clube passou a apostar em uma ideia de jogo diferente da postura recente.

"Há uma evolução no trabalho, sim. Respeitando vários profissionais, digo que há várias maneiras de chegar a vitórias e títulos. Mas cada um tem uma ideia, um método. No Inter a gente vinha praticando uma ideia de transição, há tempos, jogamos com isso. E estamos tentando implementar a ideia de botar a bola no chão. Estamos criando chances e na sequência a finalização vai melhorar. É um processo que estamos construindo, estamos no caminho certo. Muita coisa do que treinamos estão acontecendo. Há evolução, mas existem coisas a corrigir e vamos trabalhar nisso", afirmou o treinador do Inter.

No Gauchão o Inter ainda pega, depois do São José-POA, Juventude, São Paulo-RS, São Luiz-RS, Cruzeiro-RS e Grêmio. Em meio a esses jogos também haverá a segunda fase da Copa do Brasil. A única certeza é que de agora em diante não haverá mais rodízio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos