Tevez quer voltar à seleção e nega problemas: "Estou no grupo do WhatsApp"

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

Tevez voltou ao Boca Juniors e tem como objetivo o retorno à seleção argentina. O atacante disse trabalhar para colocar uma dúvida na cabeça do técnico Jorge Sampaoli, mas admite ainda estar longe do ideal para ser convocado.

"Faço o possível para estar na seleção. Gostaria de colocar dúvidas no Sampaoli, mas sei que tenho que estar nota 8 ou 9. Tenho que ser o Tevez que leva perigo no último quarto do campo", afirmou em declaração publicada pelo jornal "Olé".

O maior desafio da seleção argentina em 2018 é a Copa do Mundo. A seleção sul-americana não conquista um título desde 1993. "O Mundial se ganha com homens, com quem está altura do desafio. Para mim, falta ajuda para o Messi", disse Tevez.

Tevez ficou de fora da convocação da Copa do Mundo de 2014, mesmo em ótima fase na Juventus. À época, os boatos davam conta de que o atacante tinha problemas de relacionamento com outros jogadores da seleção, o que ele nega.

"Estou no grupo do WhatsApp da seleção, não tenho problema com ninguém", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos