Tevez quer voltar à seleção e nega problemas: "Estou no grupo do WhatsApp"

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

Tevez voltou ao Boca Juniors e tem como objetivo o retorno à seleção argentina. O atacante disse trabalhar para colocar uma dúvida na cabeça do técnico Jorge Sampaoli, mas admite ainda estar longe do ideal para ser convocado.

"Faço o possível para estar na seleção. Gostaria de colocar dúvidas no Sampaoli, mas sei que tenho que estar nota 8 ou 9. Tenho que ser o Tevez que leva perigo no último quarto do campo", afirmou em declaração publicada pelo jornal "Olé".

O maior desafio da seleção argentina em 2018 é a Copa do Mundo. A seleção sul-americana não conquista um título desde 1993. "O Mundial se ganha com homens, com quem está altura do desafio. Para mim, falta ajuda para o Messi", disse Tevez.

Tevez ficou de fora da convocação da Copa do Mundo de 2014, mesmo em ótima fase na Juventus. À época, os boatos davam conta de que o atacante tinha problemas de relacionamento com outros jogadores da seleção, o que ele nega.

"Estou no grupo do WhatsApp da seleção, não tenho problema com ninguém", completou.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos