Corinthians pode ter bloqueio judicial por não plantar mudas em área do CT

Diego Salgado

  • Diego Salgado/UOL Esporte

    CT Joaquim Grava, onde trabalha o time profissional do Corinthians, é alvo de ação

    CT Joaquim Grava, onde trabalha o time profissional do Corinthians, é alvo de ação

Quando recebeu o terreno onde hoje está o CT Joaquim Grava, em 2001, o Corinthians se comprometeu a plantar pouco mais de 76 mil mudas de árvore no entorno como contrapartida pelo espaço recebido do poder público. O prazo dado era de 12 meses, mas o trabalho ainda não foi realizado mesmo depois de 17 anos. Segundo determinação da Justiça, o Estado irá contratar uma empresa especializada para cumprir o serviço. O Corinthians será cobrado e, caso não pague o valor de forma espontânea, sofrerá o bloqueio.

"O Corinthians mantém reuniões com os órgãos para poder equacionar isso. Esse assunto não é tão simples. O plantio exige a definição da área, como será plantado e quais condições", disse Diógenes Melo, advogado do Corinthians.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos