Topo

Futebol


Fifa intima Cruzeiro a pagar dívida com Independiente por compra de Pisano

Cruzeiro/Divulgação
Meia Pisano não deixou saudades e Cruzeiro ainda deve ex-clube do jogador Imagem: Cruzeiro/Divulgação

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

07/02/2018 15h00

A Fifa condenou o Cruzeiro a pagar o valor de US$ 500 mil (cerca de R$1,6 milhão) ao Independiente, da Argentina. O montante é referente à compra do meia Matías Pisano, que chegou à Toca da Raposa na temporada de 2016 e se despediu no ano seguinte.

De acordo com a entidade máxima do futebol, o clube mineiro terá 30 dias para efetivar o pagamento. Além do montante, outros 50 mil dólares também são cobrados por causa do atraso no pagamento por parte do Cruzeiro.

A diretoria do Cruzeiro informa que já está sabendo da intimação, mas informou que irá recorrer no caso dentro do prazo estipulado pela Fifa de dez dias.

Contratado no início de 2016, Matías Pisano chegou ao Cruzeiro por um custo de R$4 milhões. Para ficar com 50% dos direitos econômicos do jogador, a diretoria aceitou fazer o pagamento em três parcelas, mas não conseguiu quitar toda o valor estabelecido em contrato com o Independiente.

Dentro de campo, Pisano foi figura esquecida e que não deixou saudades na torcida. Sem espaço na equipe de Mano, foi emprestado ao Santa Cruz no meio do ano passado e depois disso deixou o Cruzeiro em definitivo, assinando com o Tijuana, do México. Hoje, o meia defende o Talleres, da Argentina.

Mais Futebol