De olho em 2019, Palmeiras procura Balbuena, que rejeita deixar Corinthians

Dassler Marques e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

  • Daniel Vorley/AGIF

    Balbuena é um dos grandes nomes do clube na atualidade e negocia renovação

    Balbuena é um dos grandes nomes do clube na atualidade e negocia renovação

No último ano de contrato com o Corinthians e bem encaminhado para uma renovação de contrato, o zagueiro Fabián Balbuena foi recentemente procurado pelo Palmeiras, segundo duas pessoas ligadas às partes envolvidas. Fiel ao compromisso com a direção corintiana, o paraguaio avisou que não tinha interesse em uma transferência.

Procurada pela reportagem, a direção do Palmeiras negou ter feito qualquer contato de olho em uma transferência de Balbuena para 2019. Ainda apontou que, tecnicamente, o zagueiro estaria fora dos parâmetros técnicos desejados para o futuro, e apontou que muitos agentes têm usado a boa condição financeira palmeirense para obter valorização de seus clientes. O paraguaio, hoje um dos capitães do Corinthians, foi eleito um dos melhores defensores do último Brasileirão. 

Por outro lado, outras fontes ligadas às partes envolvidas asseguram que a cúpula palmeirense acenou com um pré-contrato para o início do próximo semestre, prevendo uma mudança de clube para o começo de 2019. 

Como gratificação por um novo contrato, o UOL Esporte apurou que o Palmeiras estava disposto a pagar cerca de 3 milhões de dólares (mais de R$ 9,5 milhões) para que Balbuena se mudasse para o Palestra Itália em uma transferência livre em dezembro. Nesta janela, o diretor Alexandre Mattos firmou as contratações de Lucas Lima, Gustavo Scarpa e Emerson Santos em circunstâncias parecidas, sem remuneração ao clube de origem.

Por Balbuena, a mudança de clube nessas circunstâncias já foi descartada, inclusive publicamente, e também já é de conhecimento do Palmeiras. "Não tem isso de que espero chegar seis meses para negociar sozinho. Dei minha palavra ao Alessandro [gerente de futebol corintiano] de que não tem isso na minha cabeça. Tenho personalidade e princípios em primeiro lugar", afirmou o paraguaio recentemente.

No Parque São Jorge, Balbuena causou ótima impressão logo na chegada, na temporada 2016, por uma situação que envolveu um rival. Com acordo verbal firmado com o Corinthians, ele recebeu contatos do São Paulo e uma oferta superior, mas se recusou a mudar o que havia sido firmado. 

Com o fim do período de transferências nas principais ligas da Europa, os agentes de Balbuena são esperados pelo Corinthians para que respondam à oferta de renovação apresentada na reta final de 2017. As conversas serão assumidas pelo novo presidente Andrés Sanchez e o diretor de futebol adjunto Duílio Monteiro Alves. Ainda na gestão Roberto de Andrade, foi oferecida ao paraguaio uma renovação de quatro temporadas, com reajuste salarial.

Os mesmos agentes de Balbuena, aliás, conversaram com o Palmeiras recentemente por outro defensor paraguaio. Gustavo Gómez, zagueiro do Milan, interessou ao diretor Alexandre Mattos, mas o negócio não prosperou porque o empréstimo foi rejeitado pelo clube italiano, que pediu mais de R$ 20 milhões por Gómez.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos