Queridinho de Jair se destaca e deixa Victor Ferraz ainda mais pressionado

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/SantosFC

    Daniel Guedes sempre agradou Jair Ventura, que tentou levá-lo ao Botafogo

    Daniel Guedes sempre agradou Jair Ventura, que tentou levá-lo ao Botafogo

Daniel Guedes vem se destacando na lateral-direita do Santos. O jogador é uma espécie de "queridinho" do técnico Jair Ventura, que tentou contratá-lo para o Botafogo em diversas oportunidades nos últimos anos. O atleta se recusou a deixar o clube paulista por conta dos conselhos de Ricardo Oliveira, seu pastor durante o período em que atuaram juntos na Vila Belmiro.

Logo em sua primeira entrevista coletiva como técnico do Santos, em janeiro deste ano, Jair fez questão de lembrar que tentou levar Daniel Guedes para o Botafogo e já dava sinais que o jovem lateral seria aproveitado com ele.

Internamente, Daniel foi considerado o melhor jogador do time na derrota no clássico contra o Palmeiras no último domingo, no Allianz Parque. O lateral foi responsável pela assistência ao gol de Renato e ainda proporcionou outras quatro finalizações, uma delas a cabeçada de Sasha.

"O professor tem opções dele, eu trabalho no dia a dia, sempre faço o melhor e treino da melhor maneira. Nem a mais nem a menos que ninguém. Treino forte para estar preparado. Entre eu e Ferraz, quem ele escolher estaremos bem servidos. Vou estar sempre pronto. Titular ou não, não posso dizer. Vou estar sempre preparado. Isso é o mais importante", afirmou Daniel Guedes.

Daniel Guedes só saberá se virou titular absoluto quando Victor Ferraz estiver recuperado de uma luxação no ombro direito. "Não sei dizer exatamente o tempo [retorno de Ferraz], mas graças a Deus não foi nada muito grave. É um companheiro e precisamos dele. Espero que volte o mais rápido possível", disse Guedes.

O prestígio com Jair Ventura e o bom desempenho nos jogos pressionam ainda mais o titular Victor Ferraz. Apesar de não comprometer em campo e se destacar pela raça (atuou com o ombro machucado contra o Ituano há duas rodadas), Ferraz não goza de prestígio com parte da torcida santista. Magoado, o lateral até desabafou sobre a possível perseguição nas redes sociais.

"Meus véi [sic], primeiramente quero agradecer às mensagens de apoio e de boa recuperação. Jogo em um dos maiores do mundo e não pode ser de outra forma. Tem mesmo que ter pressão. Só os maiores vestiram essa camisa, por isso a grande responsabilidade de vesti-la. Durante muitos anos fui aplaudido, elogiado e aceitei com prazer. Agora, nas críticas e vaias, também devo aceitar, assimilar e tentar melhorar. Vocês me conhecem e sabem que não me escondo, me comprometo a recuperar e treinar como um monstro e voltar a ser meu véi que vocês conhecem. O ano está só começando, muita coisa mudou por aqui, por isso o pedido de paciência… Vem muito coisa boa para nós", escreveu o lateral.

Para o duelo contra a Ferroviária, no sábado de carnaval, às 16h (de Brasília), na Fonte Luminosa, em jogo válido pela sexta rodada do Campeonato Paulista, Daniel Guedes está mantido como titular. O problema é a outra lateral, já que Romário e Caju não agradaram Jair Ventura. Guedes fugiu desta disputa e deixou claro que prefere brigar por uma vaga na lateral-direita.

"Eu tive uma conversa com Jair e disse que, até hoje, só atuei na direita. Se for um caso urgente, virem que não tem ninguém, eu posso me sacrificar pelo elenco. Mas não é o caso. Temos Caju, Romário, não podemos dizer que está prejudicado, não posso fazer isso. São jogadores de qualidade. De repente um pouco mais de tempo, sequência. São ótimos jogadores e vão dar conta do recado", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos