Dois jogadores de futebol russos são investigados por doping

De UOL, em São Paulo

Dois jogadores de futebol russos estão sendo investigados pela Fifa por suspeita de doping: os zagueiros Ruslán Kambólov e Iván Kniázev. A informação foi confirmada nesta quinta-feira pelo vice-primeiro ministro da Rússia, Vitali Mutkó, à agência de notícias estatais Tass.

As investigações começaram depois da publicação de relatório pela Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês), organização independente do Comitê Olímpico Internacional, em agosto do ano passado.

O relatório colocava, além de atletas de outras modalidades como atletismo e natação, 11 futebolistas russos sob suspeita. No entanto, apenas as investigações sobre Kambólov e Kniázev, avançaram. O primeiro defende o Rubín Kazan e tem duas passagens pela seleção russa, em 2015 e 2017, enquanto o segundo joga no FC Ural, mas já passou pela seleção sub-21.

Responsável por supervisionar os preparativos para a Copa do Mundo, Mutkó – que já foi ministro dos esportes e renunciou à presidência da União do Futebol Russo (UFR), entidade máxima do futebol russo, em 2017 -  disse que o caso não tem nenhum envolvimento com o futebol nacional.

"Eles apresentaram evidências (de doping). Em todo caso, a UFR não está sujeita ao controle de antidoping. Isso não está relacionado com a seleção, nós apenas podemos solicitar ou dar informações. Estamos abertos e colaboramos, vamos ver no que isso vai dar", disse Mutkó, que recentemente também negou estar envolvido no encobrimento de doping no esporte russo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos